Não foi possível exibir o filme desta fonte - myspace.com
1413 visualizações
VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 4.0/5 (1 vote cast)

As Artes que Vêm do Mar

Niterói é uma cidade abastada de talentos de artes plásticas. E do mar vem muito da inspiração. Impulsionada por um grupo de sete jovens artistas liderados pelo pintor alemão Georg Grimm (1846 – 1887), foi entre os anos de 1884 e 1886 que se impôs a escola paisagista que se tornou a mais forte manifestação artística da cidade e a principal manifestação das artes plásticas brasileiras na segunda metade do século 19. Foi esse grupo de pintores, mais tarde chamado "Grupo Grimm", advindo da Academia Imperial de Belas Artes e autoexilado em Niterói, que implantou nas artes plásticas brasileiras do uso da paisagem real como inspiração como método. E as paisagens marinhas de Niterói ofereceram-se generosamente aos artistas desde aquele tempo. Destaca-se então Antônio Parreiras (1860 – 1937), que monta atelier na cidade e através de seus ensinamentos forma discípulos e uma escola de pintores dedicados às marinhas e ao paisagismo. EXPRESSÃO JOVEM O terceiro bloco do programa, uma livre digressão sobre a função da paisagem na arte, foi realizado por jovens alunos egressos do Padop – Programa de Inclusão Audiovisual e Digital da Oficina do Parque, Ponto de Cultura em Niterói, RJ.

Tema: ARTES

Tags: grimm, grupo_grimm, marinhas, museu, niterói, paisagismo, parreiras, pintores_viajantes, pintura

FICHA TÉCNICA

País: Brasil

Duração: 25'

Diretor: Flávio Cândido

Produtor: Lucia Seixas

Ano: 2008

Formato: HD

Montagem: Eduardo Sánchez

Som Direto: Flávio Cândido

Fotografia: Eduardo Sánchez

Trilha: Michel Le Nev

Filmografia do Diretor:
PRODUTOR, DIRETOR e ROTEIRISTA
• Natural de Juiz de Fora, MG, formou-se pelo Curso de Cinema da Universidade Federal Fluminense em 1986.
• Atualmente está finalizando o documentário “O Destino do Changri-lá” (2009).
• Diretor e roteirista do longametragem Calangueiros – uma viagem caipira pelo vale do Paraíba (2009), premiado no concurso Etnodoc 2008, ainda inédito comercialmente.
• Diretor e roteirista do longa-metragem 35mm A Terceira Morte de Joaquim Bolívar, ficção, com Othon Bastos, Jonas Bloch e Antônio Pitanga, lançado em 2000.
• Diretor do médiametragem As Artes que Vêm do Mar (2008).
• Diretor do médiametragem "E o Futebol... Cadê?"(2008).
• Como produtor cinematográfico realizou 32 curtas e médias em MiniDV e HDV com jovens, crianças e idosos nos projetos Caravana Holiday, Padop e São José das Culturas, entre 2001 e 2008.
• De 1989 a 1995 dirigiu e produziu o programa jornalístico e independente Niterói Revista, aos sábados, pela Rede Bandeirantes/Rio, num total de 285 programas semanais de TV.
• Como diretor e produtor realizou 18 curtas e médias de 1974 a 1989 (em Super 8, 16mm, 35mm e vídeo), entre documentários, ensaios e filmes de ficção;
• Como produtor realizou ainda 23 filmes publicitários de veiculação regional (1989/1994).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

    Este curta ainda não foi comentado. Seja o primeiro!

CURTAS RELACIONADOS

Cidade Subjetiva

Documentário sobre o evento dos 160 psicodramas públicos que aconteceram em São Paulo sobre o tema "Ética é Cidadania".

Pedra Nua

Realizado clandestinamente pelo grupo de guerrilha cultural Cactos Intactos em 14 de março, dia dos aniversários de Castro Alves e...

Fé em Deus e nos Orixás

Documentário educativo sobre a Umbanda, uma religião legitimamente brasileira, e suas vertentes: a origem cabocla, espírita e católica. Os personagens...

Uakti – Oficina Instrumental

"Uakti - Oficina Instrumental" é um documentário sobre o grupo musical "Uakti", que cria seus próprios instrumentos a partir de...

Elétrico Jardim da Escuridão

Como uma forma de catarse, a diretora, também personagem principal, expressa seus sentimentos de rejeição ao final de uma relação...

Cinema Engenho

O homem, a máquina e o menino. Cinememórias de José Ribeiro de...