1494 visualizações
VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 4.5/5 (2 votes cast)

KinOpoÉTicaS – Torpellino

Neste curta de KinOpoÉTicaS o documentarista colombiano Luis Ospina reflete sobre as mudanças estéticas vividas em seu país nos últimos 30 anos, segundo ele influenciados pelo que seria uma Narco-Estética, importada de Miami e Las Vegas. Fala também sobre temas de ética na filmagens de documentários e da mercantilização da miséria nos meios de comunicação atuais.

Tema: ARTES

Tags: artista, bogotá, cine_colombiano, colombia, estetica, luis_ospina, marimba, ospina

Programa Relacionado: Cinema e IdentidadeCine e Identidad

FICHA TÉCNICA

País: Colômbia / Brasil

Duração: 10'19"

Diretor: Pedro Dantas

Produtor: Carolina Valdés

Ano: 2010

Formato: HD

Montagem: Pedro Dantas

Som Direto: Carolina Valdés / finalização: Marcelo Tupi

Fotografia: Pedro Dantas

Trilha: Grupo La Revuelta

Filmografia do Diretor:
PEDRO DANTAS recibió como director y guionista de filmes de No-Ficción – KinOpoÉTicaS – Katari Kamina (2011), KinOpoÉTicaS – Torpellino (2010), La Moneda (2009), Ermelino É Luz (2009), Lamento Paulista (2008), KollaSuyo - A Guerra do Gás (2006), la serie de 3 cortometrajes ¿Onde Está América Latina? (2005), y Argentina Acorralada (2003) - un total de 15 premios en importantes festivales de cine de Brasil, tales como Gramado Cine Vídeo, Jornada Internacional de Cinema da Bahía, Festival de Cinema de Curitiba y FAM (Florianópolis Audiovisual do MERCOSUL). Es también Coordinador General y Curador del SP Leste en Movimento – Festival de Cinema da Zona Leste de São Paulo. Como periodista publicó artículos en revistas como História Viva (Editora Duetto) y Geografía – Conhecimento Prático (Editora escala). Es alumno del Post-Grado Magíster en Cine Documental en la Universidad de Chile, con coordinación de Ignacio Agüero. Es graduado en Comunicación Social, periodismo, en la PUC-SP – Pontifícia Universidade Católica de São Paulo - (2003). Fue beneficiado con bolsa de estudio en el III Seminario de Guión y Producción Creativa de Audiovisual de No-Ficción de Ibermedia / Uniacc, en Santiago de Chile (2008).


Comentário do Diretor: “Criar não é deformar nem inventar pessoas e coisas. É estabelecer novos vínculos entre pessoas e coisas que já existem e tal como existem” (Bresson)

KinOpoÉTicaS é um filme cuja narrativa se constrói a partir da conexão entre diferentes formas de expressões artísticas que relevam a cultura e a história de determinado país, povo ou região. Ou seja, um filme através da arte e não sobre a arte. Seu conteúdo trafega entre a objetividade textual expressa através do depoimento de seus personagens e a subjetividade artística existente na música, na pintura, no cinema, na arquitetura, nas expressões corporais humanas e nas paisagens naturais dos países visitados.

Torpelli é um dos 5 curtas que compõem a obra completa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

    Este curta ainda não foi comentado. Seja o primeiro!

CURTAS RELACIONADOS

Abelardo

Abelardo é um documentário sobre José Antônio da Silva Ballestero, projecionista há 53 anos nos cinemas da fronteira oeste do...

Petit Georges, verticalidades

Verticalidades é o mais recente trabalho do artista plástico argentino, radicado em Diamantina, Petit Georges. O vídeo mostra a relação...

Vestígio

Ela é Lirete, 67 anos. Ele é Zuza, 84 anos. Das experiências acumuladas de suas vidas, fazem um ensaio sobre...

Betóva, o ano da cachorra

365 fragmentos esboçam o panorama temporal de uma casa, onde o fio condutor é o primeiro ano de vida da cadela...

Lolita Ribeiro

Força vital aos 90... doçura, ternura da mão desta particular...

Randeras de El Cercado

La palabra Randa proviene del Alemán Rand y significa borde. Bordar es justamente la tarea que les fascina a este...