1451 visualizações
VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 5.0/5 (1 vote cast)

Mini Cine Tupy

José Zagati, catador de papelão de Sítio das Madres, assentamento na periferia de São Paulo, montou uma pequena sala de cinema na garagem de sua casa, com materiais encontrados no lixo, para poder exibir filmes para as crianças da vizinhança. O cinema funciona todos os domingos e a sessão começa assim que anoitece. Se não chover: é que o projetor fica desprotegido na calçada, para que tenha maior distância da tela. No Mini Cine Tupy a entrada é franca.

Tema: ARTES

Tags: especial_inclusao, lixo, periferia, sala_de_cinema, são_paulo

Programa Relacionado: Tudo pelo Cinema

FICHA TÉCNICA

País: Brasil

Duração: 10'

Diretor: Sérgio Bloch

Produtor: Sérgio Bloch e Marcos Mota

Ano: 2002

Formato: HD

Montagem: Jordana Berg

Som Direto: Joaquim Santana

Fotografia: Jacques Cheuiche

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

  1. Edivaldo Moura disse:

    Que história apaixonante! O cinema está mesmo no sangue de algumas pessoas. Adorei o filme!

  2. BDttTsqmBQRwGnaztUn disse:

    I’m impressed! You’ve mnaaged the almost impossible.

CURTAS RELACIONADOS

Uma questão de tango

Pensar o tango é pensar em homens e mulheres e no papel definido que cada um tem, seja dançando, cantando...

Origens

Cada história tem sua...

Gigantes da Alegria

Os “gigantes da alegria” desfilam todos os anos na Sapucaí, na escola de samba Embaixadores da Alegria, abrindo o desfile...

Autômatos

Robótica e arte: que conexões há entre o fazer utilitário e o artístico? Com uma perspectiva antropológica e jornalística, o...

Sinal Vermelho

O “Sinal vermelho” é a deixa dada para os artistas de rua mostrarem todos os seus talentos. Diferentes artistas contam...

Nação Oculta – Os bolivianos em São Paulo

Este documentário pretende mostrar a vida e o cotidiano das pessoas da comunidade boliviana de São Paulo, seus costumes e...