2086 visualizações
VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 4.0/5 (4 votes cast)

Profissional da Noite

O documentário apresenta a história de um homem, que anos depois de ser abandonado por sua mãe na casa de uma vizinha, aos cinco anos de idade, cresceu e se tornou proprietário de algumas das boates mais conhecidas do Recife como A Escandinávia, Chantecler, Bacaninha Drinks entre outras.

Tema: BIOGRAFIA

Tags: boate, noite, profissional

FICHA TÉCNICA

País: Brasil

Duração: 15'

Diretor: Kleber Castro Dibianchi

Produtor: Márcio Farias

Ano: 2009

Formato: HD

Montagem: Kleber Castro Dibianchi

Som Direto: Márcio Farias

Fotografia: Marlom Meirelles

Trilha: Victor Toscano.

Prêmios:
II Mostra Competitiva Olhares Digitais 2010, Recife - PE: Melhor Produção, Melhor Tema e Melhor Documentário

Festivais:
II Mostra Competitiva Olhares Digitais 2010, Recife - PE; Selecionado para Mostra Pernambuco do CinePe 2010; Mostra Informativa de curtas (Seção Personalidades) do XV Festival Brasileiro de Cinema Universitário, Rio de Janeiro - RJ; Mostra paralela - Curta Documentário do III Curta Taquary, Taquaritinga do Norte - PE; Mostra: Narrativas, Pessoas e Cotidiano do II Festival Etnográfico de Recife; Mostra Audiovisual Fazendo Gênero 2010, Florianópolis - SC; 12º Festival de Vídeo de Pernambuco

Filmografia do Diretor:
• Ciclos - Ficção de Márcio Farias
Atuação: Diretor de Fotografia e Montador
* Selecionado para vários festivais no Brasil.
• Devaneios - Ficção de Marlom Meireles
Atuação: Iluminador
(Melhor curta metragem digital universitário - Festival de vídeo de Pernambuco 2009).
• Mais um dia - Ficção de George Santos
Atuação: Diretor de Fotografia
• Lar doce, Lá - Ficção de Felipe Braga
Atuação: Iluminador
• Urbanizado - Documentário de Manuela Andrade
Atuação: 1º Assistente de Direção (em fase de finalização)
• Sexta-Feira - Ficção de Débora Guaraná
Atuação: 1º Assistente de Direção
• Giro - Ficção de Ariana Gondim
Atuação: 1º Assistente de Câmera
* Selecionado para Mostra Pernambuco do CinePe 2010, Recife - PE.
• À Felicidade - Ficção de Caco Nigro
Atuação: 1º Assistente de Câmera
* Selecionado para vários festivais no Brasil.
• 16º Andar - Ficção de Celso Medeiros
Atuação: 1º Assistente de Câmera


Comentário do Diretor: O documentário Profissional da Noite trata-se de um encontro entre uma
equipe de realização audiovisual e Jaime Felix, um amazonense de 73 anos que
foi proprietário de várias boates famosas do Recife nas décadas de 60 a 80.

O diretor se utiliza de encontro para criar à poética fílmica, criando um
ambiente descontraído, e conseguindo desta forma, obter essencialmente as
passagens mais interessantes na vida de seu entrevistado. Partindo desta
premissa, acontece um encontro inusitado entre um jovem realizador e um
homem de inúmeras histórias estonteantes, que culminam ao mesmo tempo em um
documentário engraçado e reflexivo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

  1. edvaldo santos disse:

    Conheci o jaime na década atual, por volta de 2003, aprox., no polo pina. frequentava toda sexta e muitas vezes aos sabados, à noite, os bares da localidade, e sempre ia na sua whiskeria, aonde tomava uma dose de chivas, ou teacher’s, ou conhaque, comendo o queijo prato em cubos com calabresa. Me ientificava com o lugar, pois ainda hj sou funcionario de uma empresa multinacional de bebidas, desde 1998, bem como meu amor pela musica. O Jaime tinha uma radiola de fichas, e eu costumava pegar de 5 em 5 e ate de 10 em 10 fichas por vez, para colocar na maquina. Um dia, vi placas de venda de objetos do local, e vim a saber q ele estava deixando o ramo. Depois q ele se foi e o bar do lado fechou também, e em seguida o restaurante La maison, não antes do Rei dos Crustáceos, de um senhor q nao lembro mais o nome, deixei de frequentar o pólo pina de vez, Encontrei Jaime na Boa vista uma vez , num bar , na calçada. O cumprimentei e segui em frente. Ontem (04/05/2016), encontrei-o no recife antigo, e soube que o mesmo estava com uma whiskeria, em uma rua estreita, como um beco, ao lado da loja americanas na boa vista. a tarde passei por lá, tomei uma cerveja zero alcool conversamos um pouco e fui embora. À noite decidi saber sobre ele na internet, e entao soube de toda sua trajetória. Voltarei à whiskeria, certamente, para conversar-mos mais um pouco sobre a vida

CURTAS RELACIONADOS

In Memoriam

Registros dos bastidores e das gravações do CD Missa in memorian - Itamar Assumpcão, de Arrigo...

Naquele tempo

Do tempo da conversa sem pressa. Conversa em verso e prosa. Das narrativas sobre bruxas, feiticeiras e lobisomens que habitavam os dias...

Olhares Libertenses

Documentário poético sobre estórias e elementos simbólicos que habitam o referencial de pertencimento de jovens e professores da cidade de...

Dhaulagiri 1954: Argentinos en Himalaya

El 27 de enero de 1954, los integrantes de la Primera Expedición Argentina a Himalaya, que intentarían hacer cumbre en...

Ulte

En las playas de Pichilemu vive el espíritu del Marero, su amor y relación con el mar genera un vinculo...

Carlão – Um Autor no Cinema

Carlos Reichenbach começou sua carreira quando ainda estudava na Escola Superior de Cinema São Luiz. Destacou-se como diretor de cinema...