1912 visualizações
VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 0.0/5 (0 votes cast)

Arraial Afro Julino do Jongo Dito Ribeiro – 10 anos de uma “outra” Campinas

A comunidade Jongo Dito Ribeiro comemora em 13 de Julho de 2013 10 anos de "uma outra Campinas". São 10 anos não apenas de festividades ao lado de outras comunidades jongueiras tradicionais e de diversos parceiros e coletivos que realizam um sem número de atividades culturais de matriz africana, mas de reparação histórica, através da ocupação coletiva da Fazenda Roseira e da realização do Arraial Afro Julino, que fazem os tambores africanos ecoarem pelos terreiros, pela casa grande e outros territórios políticos que lhes são de direito.

Tema: COMPORTAMENTO

Tags: afro-descendente, fazenda roseira, jongo, jongo dito ribeiro, Jongo do Sudeste, pontão do jongo

FICHA TÉCNICA

País: Brasil

Duração: 23'

Diretor: Luciano Dayrell e Taís Lobo

Produtor: Luciano Dayrell, Izabella Alvarez, Léo Bruno e Taís Lobo

Ano: 2013

Formato: MINIDV

Montagem: Taís Lobo

Som Direto: Léo Bruno

Fotografia: Luciano Dayrell e Tais Lobo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

    Este curta ainda não foi comentado. Seja o primeiro!

CURTAS RELACIONADOS

Uma Pequena Mensagem do Brasil

Castanha e Cajuzinho enviam sua mensagem ao mundo e não poupam nenhum astro de Hollywood: de Stallone, "fortão que tomou...

Nós, o Teatro

O teatro que causa sentimentos no espectador mostra também os sentimentos, desejos, sonhos e dificuldades em quem o faz, seja...

Escultor brasileiro mantém tradição viva

Escultor Adão de Lourdes Cassiano em sua oficina na cidade de Cachoeira do Brumado, no estado brasileiro de...

Maracatu, maracatus

As diferenças culturais entre as várias gerações de integrantes do maracatu rural, ritual afro-indígena que tem suas origens nos engenhos...

Orquestra do Som Cego

Dois sanfoneiros cegos, um filme mudo e um de-compositor...

Xupapoynãg

As lontras invadem a aldeia para vingar a exploração e morte de seus parentes, caçados e devorados pelos humanos. Cabe...