5428 visualizações
VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 5.0/5 (4 votes cast)

Tarabatara

"Por que é que eu nunca morei definitivamente num setor só? Porque eu me sinto mal. Me sinto mal com o ar de um lugar só". Tarabatara é um chamado ao cotidiano e aos encantos de uma família cigana do sertão de Alagoas. O documentário apreende momentos de um período de pausa no nomadismo desses ciganos. Na figura do mais velho e suas memórias, nas mulheres e crianças do grupo, com suas falas e gestos, com seus olhares e afazeres.

Tema: COMPORTAMENTO

Tags: ciganos, cultura, especial_inclusao, história, sertão, super-8

Programa Relacionado: Em Transe

FICHA TÉCNICA

País: Brasil

Duração: 23'13"

Diretor: Julia Zakia

Produtor: Patrick Leblanc

Ano: 2007

Formato: HD

Montagem: Helio Vilella e Julia Zakia

Som Direto: Guile Martins

Fotografia: Julia Zakia

Festivais:
Clermont-Ferrand- 2009
Rotterdam-2009
É tudo Verdade-2008
Festival de Brasilia do cinema brasileiro-2007
Festival de Triunfo (melhor fotografia)-2008
Festival de Vitória (menção honrosa)-2008
Festival etnográfico do RJ (menção honrosa)-2008
Curta Cinema- 2009

Filmografia do Diretor:
O chapéu do meu avô- 2004
A estória da figueira- 2005
Tarabatara- 2007
Pedra Bruta-2009

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

  1. […] Nos reencontramos em 2009, no festival de Brasília, eu estava lá apresentando o documentário “Tarabatara”, no qual fiz som direto e edição de som. Nesse tempo fui conhecer a ceilândia, tomar banho de […]

  2. Laura disse:

    Essas ciganas são tão lindas e fortes. Gostaria de até poder ouvir mais de suas vozes, mas as cores e os retratos que o curta mostra já nos revela bastante. Para onde vão essas pessoas? De onde vieram? Os ciganos são muito misteriosos…

  3. zilda disse:

    Lindo! Lindo filme! Cores, mulheres fortes, a vida em grupo. Parabéns.

  4. Graciella disse:

    Eu já tinha visto esse filme em película, no festival É Tudo Verdade de 2007 ou 2008, é lindo demais, essas imagens, a vivência que a equipe parece ter tido com esses ciganos em Alagoas. Lindo demais. Parabéns.

  5. Francisco disse:

    Que filme lindo esse dos ciganos, nunca imaginei que um povo assim pudesse ter ou ser retratado com tanta beleza. Será que a poesia do filme é maior que a experiência vivida lá? Quais os problemas do lugar? Tá bom…não interessa tanto, filme é filme.

CURTAS RELACIONADOS

Ignotos

Existem aqueles que exercem atividades muito importantes para o cotidiano de inúmeras pessoas, e que, de uma forma direta ou...

A Corda em Si

Fernanda Rosa canta desde pequena. Mateus Costa é contrabaixista desde os 18 anos. Os dois formam o grupo "A Corda...

Mîmãnãm: mõgmõka xi xûnîn

O Pajé Totó nos ensina sobre o mîmãnãm, o “pau de religião” maxakali: uma tora de madeira pintada em homenagem...

Samba no pé

Rony é morador do morro da mangueira, pobre e batalha para levar o pão para os filhos todos os dias...

Suzy Brasil – A Deusa da Penha Circular

Suzy Brasil, a drag queen que hipnotiza plateias com seus shows em boates no Rio de Janeiro. Marcelo, o pacato...

Do Mesmo Lado

Este vídeo é resultado do projeto "Sensibilização e formação audiovisual de comunidades escolares do Recôncavo Baiano" do programa institucional de...