15385 visualizações
VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 4.5/5 (2 votes cast)

Yãmîy

Os yãmîys são os “espíritos” do panteão maxakali. Eles são vários, virtualmente infinitos. E todos se conectam por uma metamorfose que os faz passar de um a outro. Série, o yãmîy é um devir mutante. A sua sequência é uma das formas de que os tikmû’ûn (Maxakali) se servem para contar suas histórias. Neste filme Isael Maxakali nos apresenta alguns dos yãmîys, como a onça, o quati, o javali, etc. Estamos diante de uma espécie de inventário que comporta micro-narrativas.

The yãmîys are the "spirits" of the Maxkali pantheon. They are many; virtually endless. And they all connect through a metamorphosis that makes them move from one to another. Yãmîy is mutant. Its sequence is one of the ways that tikmû 'ûn (Maxakali) is used to tell their stories. This film introduces us to some of yãmîys, such as the jaguar, coati, the wild boar, etc. Are facing a kind of inventory that includes micro-narratives.

Tema: COMPORTAMENTO

Tags: aldeia, espírito, filme_etnográfico, indígenas, maxakali, minas_gerais, ritual, yãmîy

FICHA TÉCNICA

País: Brasil

Duração: 15'

Diretor: Isael Maxakali

Produtor: Isael Maxakali, Sueli Maxakali e Charles Bicalho

Ano: 2011

Montagem: Charles Bicalho

Som Direto: Isael Maxakali

Fotografia: Isael Maxakali

Trilha: Cantos tradicionais maxakalis

Prêmios:
Prêmio Glauber Rocha do Forumdoc.bh 2008; Prêmio de Menção Especial do Júri no III Festival do Filme Etnográfico do Recife em 2011.

Festivais:
- Forumdoc.bh 2007 (Tatakox) - I Mostra Pajé de Filmes Indígenas, 2009 (Tatakox) - 5ª CineOP 2010 (Yiax kaax) - II Mostra Pajé de Filmes Indígenas, 2011 (Yiax kaax) - Cine Mosquito, Cabo Frio, 2010 (Yiax kaax) - Cine Mosquito, Cabo Frio, 2011 (Xupapoynãg) - III Festival do Filme Etnográfico do Recife (Xupapoynãg – mostra paralela – e Kotkuphi – mostra competitiva) - 15a Mostra Internacional do Filme Etnográfico, de 16 e 24 de novembro de 2011, no Rio de Janeiro (Kotkuphi) - III Mostra Pajé de Filmes Indígenas, em Belo Horizonte, março/abril de 2012 - II Mostra de Cinema de Ipoema, em Ipoema, MG, maio de 2012 - XIV Festival Internacional de Cinema Ambiental (FICA), em Goiás, GO, junho de 2012.

Filmografia do Diretor:
Tatakox (2007); Xokxop pet (2009); Yiax Kaax” (2010); Dia do índio na Aldeia Verde em 2010 (2010); Dia do índio na Aldeia Verde em 2011 (2011); Xupapoynãg” (2011); Kotkuphi (2011); Yãmîy” (2011); Mîmãnãm: mîmãnãm xi xûnîn” (2012); Dia do índio na Aldeia Verde em 2012 (2012).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

    Este curta ainda não foi comentado. Seja o primeiro!

CURTAS RELACIONADOS

Nunca Parar

Apenas um dia da rotina desses "garotos" que levam a brincadeira de domingo a...

Sabedoria da Mata: Pajelança e Espiritualidade Indígena

Nas aldeias indígenas do município de Aracruz, no litoral norte do Espírito Santo, o pajé guarani Tupã Kwaray, da Aldeia...

O encontro

Heba Viera Smith é um ativista mulher uruguaia para a causa palestina. Seu status como contrastes muçulmanos com a cidade...

Santos – Ofício Alfaiate

Manoel dos Santos, alfaiate com mais de 60 anos de experiência ele conta sua história de superação e amor por...

Mata… Céu… e Negros

O documentário pretende resgatar parte da memória dos poucos descendentes negros da região de Antônio Carlos, localidade próxima a Florianópolis,...

Tião Paineira

A história de Tião Paineira se confunde com a de sua cidade, Tiradentes. A vida de tropeiro, o trabalho com...