4454 visualizações
VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 5.0/5 (2 votes cast)

Divino Maravilhoso

Foliões imersos em um rito de devoção ao Divino Espírito Santo que já dura alguns dias. Imagens e sons do ritual transmitem símbolos e significados cotidianos da vivência do giro da folia da roça. O toque da caixa, as imagens de santos, o altar e os acordes da viola reproduzem uma atmosfera de comunhão, fé e musicalidade.

Tema: CULTURA POPULAR

Tags: divino, especial_religiosidade, espirito_santo, festa_popular, festa_tradicional

Programa Relacionado: FesteirosFestivos

FICHA TÉCNICA

País: Brasil

Duração: 22'59"

Diretor: Ricardo Calaça

Produtor: Sorahia Segall, Cristiana Calaça e Ricardo Calaça

Ano: 2006

Formato: HD

Montagem: Fabiana Ferreira

Som Direto: André Togni, Luciano Marques e Ricardo Calaça

Fotografia: André Carvalheira e Jane Malaquias

Trilha: som direto

Festivais:
39º Festival de Brasília do Cinema Brasileiro; 11º Mostra Internacional do Filme Etnográfico; Mostra SESI de Cultura; 7ª Goiânia Mostra Curtas

Filmografia do Diretor:
• Diretor de som da minisérie “9mm”, produção da MOOSHOT FILMES, co-prioducão FOX AMERICA LATINA, 2008;
• Diretor do documentário “Caminhos” sobre a procissão da cidade de Trindade – GO, Olhar etnográfico / PETROBRAS, 2011 (em finalização);
• Diretor do documentário “Congado: uma profusão de Ritmos”, filme sobre a Congada de Catalão – GO, Olhar Etnográfico / PETROBRAS, 2011 (em finalização);
• DIRETOR DE SOM do filme “ Roteiro para minha morte” de Pablo Gonçalo, digital, curta metragem, 17 min, FAC, 2009;
• Editor de Som do curta metragem animaçao “A Menina que pescava Estrelas” do diretor Ítalo Cajueiro, Petrobras, 2008;
• Diretor do filme documentário “Tranca Abre”, 52 min. Prêmio Jovens Realizadores – Itaú Cultural, 2002;
• Diretor do filme documentário “Divino e Maravilhoso”, 5 min. Prêmio Petrobrás Cultural 2005 – Categoria Novas Mídias Digitais. (em fase de contratação com a Petrobrás);
• Técnico de som direto, designer de som/Edição de som, do filme “Residual”, 35mm, 9 min, 2005. Direção de Sérgio Raposo, Brasília – DF. Em fase de finalização;
• Assistente de som direto no filme “Amores e Laticínios”, 35 mm, 15 min. Direção de Bruno Freitas, Prêmio Pólo de Cinema de Brasília, 2004. Em fase de finalização;
• Técnico de som direto, designer de som/Edição de som, do filme “Vestígios”, 5 min, vídeo digital, 2005, de Pablo Martins. Em fase de finalização;
• Direção e edição do vídeo arte “Passagem entre Silêncios”, cor, digital, 3 min, 2005. O vídeo mostra a intervenção urbana no eixo rodoviário de Brasília, eixão, do artista plástico Rodrigo Paglieri;


Comentário do Diretor: Filme que valoriza as tendências estéticas/musicais de dois grupos de Folia do Divino Espírito Santo das cidades de Formosa e Luziânia, estado de Goiás.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

  1. julianna disse:

    ( =’o’= )( =’o’= )( =’o’= ) Oi, estou querendo uma opinião sua pois acompanho o seu blog e sempre estou atenta a tudo que você posta, estou querendo me tornar uma blogueira e estava procurando na internet vídeos de blogueira que estejam começando para ver como é, encontrei essa bloqueia https://youtu.be/_D4omibRAz4 que postou esse vídeo, nossa fico com tanto medo de começar o meu blog, pois venho aqui em seu blog e vejo posts tão bem escritos, vou na youtube e encontro essa blogueira que já nos primeiro vídeos e tão simpática, me da um frio na barriga, do tipo sera que eu consigo também? como você consegue ter tanto assunto para postar sempre posts novos ? (• .•) (• .•) como você faz para ter tantas ideias para criar os posts ? Um beijão fico no aguardo da sua resposta (=’:’=)(=’:’=) (=’:’=)(=’:’=)(=’:’=)

  2. Rogério Lustosa Victor disse:

    Filme belíssimo, comovente e perturbador. Perturbador na medida em que toda e qualquer representação do ocidente construída no espaço intelectual lhe escapa. Aponta para um universo da tradição em que o que é mágico permanece como fonte de inspiração das sociabilidades, num tempo e espaço em que imagina-se que toda a tradição foi-se arrebatada pela modernidade. As imagens, o som, enfim tudo conseguiu transmitir o apelo ao sagrado que é feito por aqueles grupos. É de dar arrepios!

  3. Mônica Belle disse:

    Lindo o filme! Parabéns a toda equipe que trabalhou na sua feitura!

  4. Diego Vinicio Gomes dos santos disse:

    Eu adorei este vídeo! Ele relata uma ótima festa que é a folia do divino. Eu tenho muita fé no divino espírito santo. ele é meu intersessor. eu gostaria de comprar este vídeo. O que devo fazer?

CURTAS RELACIONADOS

Varanasi Índia Sagrada

É uma visita a uma dos locais mais sagrados para a cultura hindu. Situada às margens do rio Ganges, Varanasi...

Viva! Chico Vive!

Viva! Chico Vive! vai te levar até as raízes de onde Chico Science começou a criar a batida do Mangue....

Índios – Som da Rua

Em 1991, um grupo de índios caiapós da grande aldeia Gorotire formou uma dissidência e partiu para fundar uma nova...

Espírito Santo Futebol Clube

Um retrato afetivo de um clube de futebol chamado Espírito Santo e a sua luta para permanecer na primeira divisão...

Mbyá Reko Pyguá, a luz das palavras

A sensibilidade do povo Guarani em educar as crianças permanece viva apesar das influências da sociedade contemporânea. Mas os caminhos...

Arraial Afro Julino do Jongo Dito Ribeiro – 10 anos de uma “outra” Campinas

A comunidade Jongo Dito Ribeiro comemora em 13 de Julho de 2013 10 anos de "uma outra Campinas". São 10...