1257 visualizações
VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 4.5/5 (2 votes cast)

Foi uma vez

“Foi Uma Vez” desvenda a importância dos contos de fadas através do olhar de diferentes gerações. Do ‘Era uma vez’ ao ‘Viveram felizes para sempre’, o filme é permeado pelas experiências de crianças, adolescentes, adultos, pais, avós. Vivências, momentos lúdicos, depoimentos de especialistas, refletem sobre o papel, o valor e o significado dos contos de fadas hoje, e mostram que “essas histórias estão vivas e vão durar toda a eternidade...”

Tema: CULTURA POPULAR

Tags: contos_de_fadas, crianças, cuento_de_hadas, disney, especial_educação, infantil, niños

FICHA TÉCNICA

País: Brasil

Duração: 14'57"

Diretor: Renan Lima

Produtor: Larissa Pontez

Ano: 2009

Formato: HD

Montagem: Babi Fernandes

Som Direto: Natália Vestri

Fotografia: Bruno Peres

Festivais:
FBCU - Festival Brasileiro de cinema universitáiro,Miragem 2010,Cine Mube 2010

Filmografia do Diretor:
Filme: Talvez, Rockstar (2009)
Função: 1º assistente de direção
Direção: Fábio Aguiar

Filme: Pimenta (2009)
Função: assistente de produção executiva
Direção: José Eduardo

Filme: Foi uma vez (2009)
Direção: Renan Lima


Comentário do Diretor: Este é um trabalho realizado pelos alunos do Centro Universitário Senac, em São Paulo. Este não é o trabalho final de faculdade, e então eles decidiram tentar e mudaram todas as funções entre o grupo. Ninguém fez uma função que já tinha feito na faculdade, e por causa disso, todos aprenderam muito! O grupo ficou muito feliz com os resultados.
Dirigir o filme “Foi Uma Vez” foi uma experiência muito marcante. Acabei desenvolvendo uma pesquisa muito intensa em cima do tema e pude me aproximar ainda mais do assunto. Contei com a ajuda de uma equipe muito profissional e que me ofereceu todos os suportes para que eu pudesse realizer meu trabalho com sucesso. Tivemos muita sorte com todos os entrevistados, que trouxeram muito para o filme e para nossas vidas pessoais.
No processo de edição tivemos momentos surpreendentes, o filme se moldou de uma maneira diferente do que havíamos pensado inicialmente, mas isso fez muito bem ao filme, tivemos a atitude de tirar trechos do filme que não estavam se encaixando e isso foi de uma maturidade imensa, já que muitas vezes nos apegamos ao material e fica difícil cortar.
Enfim, gosto muito do resultado final e espero que as pessoas assistam ao filme e reflitam sobre o assunto que é tratado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

  1. Walfrido Ferreira de Salvi disse:

    Ótimo, saber e conhecer histórias de vários rincões do nosso país, saber que não as raízes não se perdem

CURTAS RELACIONADOS

O Maestro da Areia

Das mãos do "nego véio" pescador nasciam instrumentos musicais com os quais ensinava a criançada da Vila da Viola e...

Unha Preta

Nas vastas planícies sanfranciscanas, drenadas pelo rio Verde Grande no Norte de Minas Gerais, duas comunidades remanescentes de quilombo: Gurutuba...

A onça de Arapeí – Projeto lendas do Vale

Primeiro episódio de uma série em desenvolvimento sobre as lendas urbanas do Vale do Paraíba, interior do Estado de São...

O Joaquim

Dança de São Gonçalo na Vila de Veiga, sertão do Ceará, a partir do relato e cotidiano do Mestre Joaquim...

O sumiço do amigo invisível

Pense rápido e responda: como se faz pra encontrar um amigo que a gente não consegue ver? "O Sumiço do...

Nova Orleans – Som da rua

Elita Harvey estuda numa escola primária em Nova Orleans. Durante o recreio, ela e suas amigas apresentam pequenos shows musicais...