2860 visualizações
VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 3.0/5 (2 votes cast)

Homem vs. Meteorito

Guilhermo Mendoza faz facas de aço damasco à mão, utilizando o conhecimento que seu avô, um gaucho, transmitiu a ele. Mendoza não havia encontrado dificuldades para trabalhar com nenhum metal até que recebeu o de meteorito e o desafio de transformá-lo em faca. O documentário mostra Guillhermo elaborando uma faca com metal de meteorito, usando técnicas milenares  e produzindo uma faca artesanal única e bela.

Tema: CULTURA POPULAR

Tags: acero, cuchillo, especial_argentina, meteorito, producción artesanal, tradición_gaucha

Programa Relacionado: Universo ParticularUniverso Particular

FICHA TÉCNICA

País: Argentina

Duração: 10'41"

Diretor: Gabriel Balanovsky

Produtor: Gabriel Balanvosky y Gary Parker

Ano: 2009

Formato: HD

Montagem: Ginger Gentile

Som Direto: Damian Montes

Fotografia: Jorge Crespo

Prêmios:
Mejor Documental Tandil Cortos 2010 2 premio documental Festival Internacional Cine Corto 2001 Mercedes

Festivais:
Festival Internacional Cine Corto 2010 Mercedes Sydney Latin American Film Festival Mirada en Cortos 3

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

    Este curta ainda não foi comentado. Seja o primeiro!

CURTAS RELACIONADOS

Afagar a terra… Fecundar o som

Um pouco da história de vida do cantor e compositor Pena Branca: a infância em Cruzeiro dos Peixotos, o começo...

Interiores ou 400 Anos de Solidão

Um ensaio sonoro-visual a partir de personagens reais em cidades distintas do Sertão de Alagoas. O critério de escolha dos...

Uakti – Oficina Instrumental

"Uakti - Oficina Instrumental" é um documentário sobre o grupo musical "Uakti", que cria seus próprios instrumentos a partir de...

Nas terra que o sapo berra

Escute bem essa história
desse homem competente
Esse grande conhecedor
do passado até o presente:

Manoel da Costa Lima,

Prazer, meu nome é Nova Iguaçu

Uma tarde no calçadão de Nova...

Relíquias de um Terno de Reis

Música e memória são relíquias, ligam experiências sensíveis, unem pessoas. De porta em porta, de casa em casa, nos caminhos...