6095 visualizações
VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 5.0/5 (2 votes cast)

Escola Eldorado

Testemunha viva da história recente do Brasil, Alcione Silva migrou do Maranhão para o sul do Pará nos anos 1960 em busca de terra e trabalho. Como agricultor no Araguaia, presenciou a ação do Exército no embate com a guerrilha e a derrota do movimento, comandada por Sebastião Curió, atual prefeito de Curionópolis. Por boa parte dos anos 1980, Alcione viveu no garimpo de Serra Pelada sem fazer fortuna, voltando depois a trabalhar como agricultor. Juntou-se ao MST e, baleado na curva do S, sobreviveu ao massacre de Eldorado dos Carajás em 1997. Hoje vive em Eldorado, trabalhando em terras que nunca foram suas. Todos seus filhos têm o estudo que lhe foi negado pelos pais. "Mesmo analfabeto, hoje eu sei que existe uma constituição e que nela tem um artigo que diz que todo brasileiro é igual perante a lei. (...) Hoje eu sei que é assim: pode ser um médico ou um advogado, ele é tão brasileiro quanto eu." Este curta faz parte do projeto Marco Universal.

Tema: DIREITOS HUMANOS

Tags: educação, educación, política

Programa Relacionado: Política

FICHA TÉCNICA

País: Brasil

Duração: 11'37"

Diretor: Victor Lopes

Produtor: Roberto Berliner

Ano: 2008

Formato: HD

Montagem: Fernando Vidor

Som Direto: Renato Calaça

Fotografia: Luis Abramo

Festivais:
Mostra Cinema e Direitos Humanos na América do Sul 2008

Filmografia do Diretor:
Bala Perdida (Ficção, 2003, 14 min, RJ)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

  1. Katia Regina Buzato disse:

    Impactante a trajetória de vida do Alcione. É muito bom saber que temos brasileiros com essa lucidez e consciência sobre sua própria história.

CURTAS RELACIONADOS

Florestan Fernandes – Evocações na contramão

Na Praça da Sé, um repentista canta, em forma de cordel, a vida de Florestan Fernandes. O repente abre caminho...

Para o outro lado da cordilheira

Valentina Rivera e Pablo Mardones são chilenos que estudam em Buenos Aires há alguns anos. Durante 2011, as manifestações dos...

Não repara a bagunça

Quatro faces do déficit habitacional na cidade de São Paulo a partir de personagens que vivem na rua, em ocupações,...

Desenvolvimento para quem?

Sobre a situação dos moradores da Comunidade da Paz, que está localizada cerca de 1 km do Itaquerão em obras...

No meu palanque

Nós os vemos e não os vemos (ou decidimos não vê-los?), acreditamos e não acreditamos no que nos recomandam para...

O VENTO FORTE DO LEVANTE

Solano Trindade não se curvou diante da opressão de cor, de classe e de cultura. Poeta e militante comunista nasceu...