1319 visualizações
VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 3.0/5 (1 vote cast)

Meninos

La historia de vida de tres amigos que han pasado junto su infancia en las calles de Porto Alegre es atravesada por un ficción creada por ellos mismos donde plasman su experiencia, los estigmas, dolores y miedos que cargan cotidianamente y el deseo de salir de esa situación.

Tema: DIREITOS HUMANOS

Tags: calle, derechos_humanos, drogas, inclusión, infância, rap

FICHA TÉCNICA

País: Brasil

Duração: 13'

Diretor: Alvaro Adib Barreiro

Produtor: Natalia Uriarte

Ano: 2007

Montagem: Alvaro Adib Barreiro

Som Direto: Carlos Serra

Fotografia: Alvaro Adib Barreiro

Trilha: Carlos Serra

Filmografia do Diretor:
Alvaro Adib Barreiro, Uruguay, 1975
Realizador documental, fotógrafo desde 1998, estudió antropología en la Facultad de Humanidades, UdelaR y se
formó como documentalista en la Universidad Popular de Madres de Plaza de Mayo, Bs As.
Películas:
Vidas de Arena. (2001)
Caníbales (2004)
Dragón (2007)
Anamaria Rubens: una vida que no quiso ser contada (2008)
Gurvich: Canción de la Pintura (2010)
Islas de Naturaleza (2011)
La Murga del Timbó (2011)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

    Este curta ainda não foi comentado. Seja o primeiro!

CURTAS RELACIONADOS

TransVerso

Cortometraje documental sobre el cotidiano y la vida de mujeres transgênero en la región de Maringá, Brasil. Religión, prejuicio, amor...

Moda em Pedaços

O documentário mostra algumas facetas presentes no mundo da moda no Bairro do Bom Retiro em São Paulo. Os depoimentos...

Muito além dos 15 minutos de fama

Durante um festival de cinema, em um quarto de hotel, cineastas, mestres, alunos e doutores em comunicação, falam do cinema...

Reflexo

Hoje o idoso é tratado pela sociedade com desprezo, algumas vezes são considerados improdutivos, por isso, muitos deles são abandonados...

Progresso e Desordem

Registro dos primeiros protestos articulados através das redes sociais no ano de 2012 no Rio de...

Esperanza del Oriente

Desculpe-nos, mas este texto esta apenas disponível em