1556 visualizações
VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 5.0/5 (2 votes cast)

Sem perder a ternura

Dionata nasceu em um acampamento do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra, na zona rural de Abelardo Luz, oeste de SC. Ele e seus irmãos estudaram desde criança em escolas com a pedagogia do MST. Hoje, Dionata é aluno do curso de Ciências Sociais da Universidade Federal da Fronteira Sul. Sua história e de sua família revela que a luta do movimento vai além da luta pela terra e que sua trajetória é um exemplo de conquista.

Tema: DIREITOS HUMANOS

Tags: educação, educación, especial_educação, mst, pedagogia, UFFS

Continuação: Parte 1 - Parte 2

FICHA TÉCNICA

País: Brasil

Duração: 26'37"

Diretor: Marcia Paraiso e Ralf Tambke

Produtor: Marcia Paraiso

Ano: 2013

Formato: HD

Montagem: Glauco Broering

Som Direto: Ju Baratieri

Fotografia: Ralf Tambke

Trilha: Luiz Gayotto

Prêmios:
FAM 2013 - Prêmio Curta Doc Cinecipó - Menção Honrosa

Festivais:
FAM 2013 Cinecipó

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

    Este curta ainda não foi comentado. Seja o primeiro!

CURTAS RELACIONADOS

Entre Vãos

Entre Vãos é um documentário etnolírico que se passa no Vão de Almas, habitado pela comunidade remanescente quilombola Kalunga, em...

Lambe Sujo

Um filme etnográfico sobre a memória imaterial. Um retrato da festa do Lambe...

Kotkuphi

A colheita, o preparo do alimento, o canto, e demais atividades envolvidas na realização de um yãmîyxop, o ritual, em...

Cine-Mauro

Documentário sobre o cineasta Humberto Mauro e a cidade de Cataguases em Minas Gerais. Seu legado e como a cidade...

Ocupar, resistir, produzir

Mulheres do Movimento dos Sem Terra - MST - falam sobre o significado o lema "ocupar, resistir, produzir".

O Pequeno e o Grande

O Morrinho é uma maquete feita de pedaços de tijolos que ocupa 300m² dentro da Favela...