1746 visualizações
VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 2.0/5 (2 votes cast)

Yiax kaax – fim do resguardo

Juan Maxakali nasceu em outubro de 2009 na Aldeia Verde Maxakali em Ladainha, Minas Gerais. Seus pais, Zezão e Jupira, ficam de resguardo por trinta dias após o parto. Durante este período eles sofrem uma série de restrições, como por exemplo, não comer carne vermelha. Agora o resguardo acabou. E Isael faz um documentário sobre o ritual que marca este final. Todos vão à cachoeira. O pajé Mamey vai à mata colher jaborandi e encontrar uma pedra para cortar o bambu que será usado para soprar a água em direção ao nascente e ao poente, exatamente como faziam os antigos. Assim todos agradecem e pedem proteção ao sol. Zezão e Jupira agora estão liberados para fazer tudo que gostam.

Tema: ESPIRITUALIDADE

Tags: aldeia, filme_etnográfico, indígena, maxakali, nascimento, resguardo, ritual, yãmîyxop

FICHA TÉCNICA

País: Brasil

Duração: 24'

Diretor: Isael Maxakali

Produtor: Isael Maxakali e Sueli Maxakali, Charles Bicalho e Cláudia Alves

Ano: 2010

Montagem: Charles Bicalho

Som Direto: Isael Maxakali

Fotografia: Isael Maxakali

Trilha: Cantos tradicionais maxakalis

Prêmios:
Prêmio Glauber Rocha do Forumdoc.bh 2008; Prêmio de Menção Especial do Júri no III Festival do Filme Etnográfico do Recife em 2011.

Festivais:
- Forumdoc.bh 2007 (Tatakox) - I Mostra Pajé de Filmes Indígenas, 2009 (Tatakox) - 5ª CineOP 2010 (Yiax kaax) - II Mostra Pajé de Filmes Indígenas, 2011 (Yiax kaax) - Cine Mosquito, Cabo Frio, 2010 (Yiax kaax) - Cine Mosquito, 2011 (Xupapoynãg) - III Festival do Filme Etnográfico do Recife (Xupapoynãg – mostra paralela – e Kotkuphi – mostra competitiva) - 15a Mostra Internacional do Filme Etnográfico, de 16 e 24 de novembro de 2011, no Rio de Janeiro (Kotkuphi) - III Mostra Pajé de Filmes Indígenas, em Belo Horizonte, março/abril de 2012 - II Mostra de Cinema de Ipoema, em Ipoema, MG, maio de 2012 - XIV Festival Internacional de Cinema Ambiental (FICA), em Goiás, GO, junho de 2012.

Filmografia do Diretor:
Tatakox (2007); Xokxop pet (2009); Yiax Kaax (2010); Dia do índio na Aldeia Verde em 2010 (2010); Kotkuphi (2011); Xupapoynãg (2011); Yãmîy (2011); Dia do índio na Aldeia Verde em 2011 (2011); Mîmãnãm (2012); Dia do índio na Aldeia Verde em 2012 (2012).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

    Este curta ainda não foi comentado. Seja o primeiro!

CURTAS RELACIONADOS

Rocinha Brasil 77

Um registro histórico, realizado em 1977, sobre os hábitos e a qualidade de vida da maior favela da América Latina....

Zurdo, alma do povo e voz costeira

Zurdo, músico e militante do litoral argentino. Sua música e seu modo de ver o mundo, a cultura como militância....

Baque Solto em Buenos Aires

Onde Carlos Gardel nunca cantou, Astor Piazzola jamais tocou; O tango não é dançado, Mas Buenos Aires é...

São Paulo, a capital da Bolívia

Nas ruas, nos comércios e nos parques de São Paulo a cada dia é mais frequente o convívio...

Os Caminhos Desconhecidos do Mundo Luz

O documentário acompanha o processo de cinco crianças de comunidades próximas à Universidade durante uma oficina de fotografia e aborda...

Estrada Dom Joaquim Mamede

Uma capela católica, um centro xamânico e uma igreja evangélica. Uma clínica onde morreram 156 pacientes em 4 meses. Um...