1636 visualizações
VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 4.7/5 (3 votes cast)

O Matrimônio

Um dia na vida de uma mulher e de um homem, ela ganha a vida na cidade para manter seus 7 filhos que estão na periferia aguardando a mãe no fim-de-semana, o homem trabalha no campo, no fim-de-semana ele busca uma renda extra na cidade...campo e cidade, duas vidas, dois tempos...

Tema: INCLUSÃO

Tags: central_do_brasil, sem_terra, sem_teto

Programa Relacionado: Por um Fio

FICHA TÉCNICA

País: Brasil

Duração: 15'16"

Diretor: Ralf Cabral Tambke

Produtor: Marcia Paraiso

Ano: 2006

Formato: HD

Montagem: Cristiana Cocco

Som Direto: Leonardo Gueyroi

Fotografia: Estevão Chiavatta & Ralf C. Tambke

Trilha: Jayme Vignoli

Festivais:
- Mostra Internacional de curtas de SP;
- Guarnice do Maranhão 2007;
- FAM 2006;
- CineEsquemaNovo 2006;

Filmografia do Diretor:
CURTAS –
Vela ao Cruxificado
Direção: Frederico Machado - MA

A Espera
Direção: Lea Furtado - MA

Reverso
Direção: Francisco Colombo - MA

Malabares
Direção: Mara Salla - SC

O Incompreendido
Direção: Francisco Colombo - MA

Estou Bem Cada Vez Melhor
Direção: Rodrigo Guéron - RJ

Clandestinidade
Direção: Rodrigo Guéron - RJ
Em plena ditadura militar um advogado é pego chegando em casa de madrugada. Sem saída diante da mulher ciumenta, justifica o horário com o seu engajamento no partido comunista brasileiro. Para sua surpresa a mulher se empolga e o obriga a dar continuidade à mentira…

Dama da Noite
Direção: Mario Diamante - RJ

Dama da Noite é um filme que comemora a convivência das diferenças. Sexo, Solidão, AIDS, Discriminação. Grandes questões deste final de século que na voz da Dama da Noite - uma personagem pansexual que mistura em doses desequilibradas consciência política com extravagância poética - adquirem ineditismo diante uma platéia desvairada e sedenta por muita alegria e alguma ideologia.
Festival de Cinema e Vídeo da Bahia, 1999,
Festival de Vitória, 1999,
Festival de Cuiabá, 1999,
Mostra Brasil Plural, 1999,
Mix Brasil - São Paulo - 1999, MELHOR FILME
Festival de Tiradentes, 2000,
Festival de Cinema do Recife 2000,
Chicago Festival, USA, 2000.

Carro Forte
Direção: Mario Diamante - RJ

Quatro homens em conflito. Quatro vidas resumidas a quatro metros quadrados. Quatro pessoas carregando - junto com seus sonhos e desejos - uma quantidade de dinheiro que, mesmo se trabalhassem a vida inteira, 24 horas por dia, jamais conseguiriam obter.

Uns e Outros
Direção: Tunico Amancio - RJ

História do índio carijó Éssomericq, levado para a rança pelo capitão normando Binot Paulmier de Gonneville se tornando herdeiro deste e mais tarde formando uma dinastia de nobres descendentes daquele índio da região de Santa Catarina.



Para Normais
Direção: Mario Diamante - RJ

Pessoas simples, têm suas vidas invadidas pelo preconceito, pela discriminação e pelo amor.
Estigma
Direção: Alexandre DaCosta - RJ

Diversos personagens interpretados por um único ator - o próprio diretor Alexandre Da Costa - falam da \\\"coisa\\\" que está solta pela cidade, finalmente a \\\"coisa\\\" é capturada, mas quando pensamos que vamos conhecê-la há uma nova fuga…
Livre
Direção: Marcia Paraiso e Ralf Tambke - RJ
Uma jovem de classe média, um homem marginalizado...psicopata.Uma reação inesperada. Um passeio por dois universos completamente distintos e que, não fosse por aquele acaso jamais teriam se escutado...Mas é necessária a catarse para os personagens ficarem livres.
Mostra Internacional de Curtas de São Paulo, 1996
Mostra Curtas Inéditos, 1996
Cinemateca do Museu de Arte Moderna, RJ, 1996
Programa Curta Brasil, TVE, 1997
Programa Zoom, TV Cultura, 1998.


LONGAS
Sambando nas brasas, Morô?
Direção: Elizeu Ewald

Anos 50. Um jovem músico do interior vem tentar a vida na capital. Ele procura seu irmão que trabalha para o

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

    Este curta ainda não foi comentado. Seja o primeiro!

CURTAS RELACIONADOS

Meu sorriso negro

Em Sorocaba. a partir da década de 1990. surgiu um expressivo número de artistas negros em diversas modalidades. Esse documentário...

Berço Esplêndido

Morar, comer, dormir, viver. Um bate papo com os moradores de rua da cidade de...

100% Boliviano, Mano

Choco tem 15 anos, é boliviano e vive em São Paulo, no Bairro do Bom Retiro, desde os 9 anos...

Nayelis

Nayelis é a única garota que pratica luta greco-romana no povoado de Baracoa, em Cuba. Além de seus adversários, tem...

Especiais

A vida dos especiais, seus triunfos e suas...

O que você quer ser quando crescer?

Documentário participativo onde eu (o diretor) e duas amigas, todos com mais de 30 anos, contamos os desafios e as conquistas...