5906 visualizações
VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 3.8/5 (4 votes cast)

Ele era um menino feliz – O Menino Maluquinho, 30 anos depois

Conta a história do Menino Maluquinho, emblemático personagem do escritor e cartunista Ziraldo, por conta das comemorações de seu 30º aniversário. O filme traz um retrato terno e emocionante deste consagrado escritor diante da sua maior criação. Com um olhar sensível, ele conta como a história daquele menino gerou um mundo de encantos e identificação em milhares de leitores durante gerações. Apresenta também como durante estes 30 anos, a partir do lançamento do livro em 1980, Ziraldo se tornou um escritor consagrado.

Tema: INFÂNCIA

Tags: arte, cultura, infância, literatura

FICHA TÉCNICA

País: Brasil

Duração: 19'

Diretor: Caio Tozzi e Pedro Ferrarini

Produtor: Pedro Ferrarini

Ano: 2011

Formato: HD

Montagem: Caio Tozzi

Som Direto: Renato Guirra

Fotografia: André Besen

Trilha: Gabriel Barbosa

Prêmios:
Melhor documentário no festival Criancine

Festivais:
1a. Mostra de cinema itinerante de Iranduba (Amazonas),8a Mostra de Cinema de Maringá (Maringá – PR),Festival Cinesul – “Mostra Cinema ao pé da letra” (Rio de Janeiro-RJ),10a Mostra de Cinema infantil de Florianópolis (Florianópolis – SC),- 4o Cine Taquary (Taquaritinga do Norte – PE),- 8o Amazonas Film Festival (Manaus - AM),- III Curta Neblina (Santo André - SP),- I Criancine – Festival de Cinema Infantil (Taquaritinga do Norte – PE),-FIIK 2011 (Rio Claro –SP),- Mostra Miragem de Cinema e video 2011 (Miracema –TO)

Filmografia do Diretor:
Caio Tozzi é jornalista e roteirista. Nasceu em São Paulo no ano de 1984. É formado em jornalismo pela Universidade Metodista de São Paulo e pós-graduado em Roteiro Audiovisual pela PUC-SP. Participou com seus textos de livros como Crônicas – São Paulo, 450 anos, realizado pela biblioteca municipal Mário de Andrade em comemoração ao aniversário da cidade e da edição comemorativa dos 50 anos do livro O Encontro Marcado de Fernando Sabino. É autor do livro de contos e crônicas Postal e outras histórias. Trabalhou com jornalismo, em assessoria de imprensa e coordenando projetos de criação de revistas e livros. Após isso, esteve na publicidade por dois anos e, atualmente, é o responsável pela parte de conteúdo da produtora Vila Filmes. “Ele era um menino feliz” é o primeiro filme que dirigiu e produziu.


Pedro Ferrarini é produtor e diretor. Nasceu em São Paulo, em 1983. É formado em Rádio e TV pela Universidade Metodista de São Paulo e é pós-graduado em Cinema, Vídeo e Fotografia, pelo Centro Universitário Belas Artes de São Paulo. Atuou em diversas agências de publicidade. Trabalhou por quatro anos na equipe de finalização do departamento de cinema da DM9DDB, com clientes como Terra, Itaú, Telefônica, C&A, Ponto Frio, Sadia, Sundown, Bohemia dentre outros. Dirigiu o curta-metragem Malum, em 2004 que foi selecionado para o XII Festival Gramado CineVídeo. Também atuou como produtor executivo do documentário “Zoológico de São Paulo – 50 anos de história com a natureza”, dirigiu o minidocumentário “Mitos e Ícones” e produziu e dirigiu “Ele era um menino feliz”. É responsável pela direção dos projetos da produtora Vila Filmes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

    Este curta ainda não foi comentado. Seja o primeiro!

CURTAS RELACIONADOS

Koridel

Koridel vive numa zona rural e no seu dia a dia se dedica a “afastar bezerros”, ou seja, é bezerreira,...

Canção Amiga

Resulta da oficina Tecendo Vídeos, com crianças e jovens, em 2011. Aborda as ações socioculturais que beneficiam a infância contra...

Gols e Metas

Garotas de um bairro da periferia de Buenos Aires se atrevem a apostar em um jogo que ultrapassa os limites...

Narciso – Fragmentos de um escritor

Diferente dos escritores convencionais, o paulistano Eduardo Narciso Ponzi não segue somente um estilo literário. Dono de um grande acervo...

J. Borges

A arte do poeta cordelista e gravador J.BORGES apresentada no viés do...

Modernos do Sul

De 1947 a 1958, o Círculo de Arte Moderna provocou o maior movimento cultural visto em Santa Catarina até hoje....