5985 visualizações
VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 5.0/5 (1 vote cast)

O Caso Sarayaku

Terceiro documentário de uma série na Amazônia equatoriana. Sarayaku é uma comunidade indígena localizada na cidade de Pastaza.  Sarayaku ( “rio de milho”) está habitada por 1200 pessoas da nacionalidade kichwa. O sistema do governo é a democracia direta mediante assembléia. Em 2002, a companhia argentina CGC (Companhia Geral de Combustíveis), acompanhada pelo exército equatoriano, entrou ilegalmente em território de Sarayaku, e enterrou 1500 kg de explosivos. O caso foi levado à Comissão Interamericana  de Direitos Humanos, criando um precedente histórico na defesa dos direitos indígenas. A Constituição e o convênio 169 da OIT determinam que seja realizada consulta prévia, livre e informada aos povos indígenas antes de iniciar trabalhos de explosão. Atualmente existe a ameaça da XI Ronda petroleira, que pode afetar uma imensa área onde vivem sete nacionalidades indígenas.

Tema: IDENTIDADE

Tags: amazonía, ativismo, derechos_humanos, Direitos Humanos, ecuador, equador, petróleo, sarayaku

FICHA TÉCNICA

País: España

Duração: 29'

Diretor: Arturo Hortas

Produtor: Arturo Hortas

Ano: 2011

Formato: HD

Montagem: Arturo Hortas

Som Direto: Arturo Hortas

Fotografia: Arturo Hortas/Leah Temper

Trilha: Luis Eduardo Aute/Grupi Ikara/Yaku Viteri

Filmografia do Diretor:
- Sucumbíos, tierra sin mal
- Yasuní, el buen vivir
- EL caso Sarayaku


Comentário do Diretor: Tercer documental de una serie en la Amazonía ecuatoriana sobre indigenismo y petróleo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

    Este curta ainda não foi comentado. Seja o primeiro!

CURTAS RELACIONADOS

O nome é a última coisa que escolhe

É dezembro. Uma equipe de documentaristas chega à rodoviária de Belo Horizonte em busca de pessoas que tenham histórias para...

Tainhas à vista

A pesca artesanal da Tainha na praia do Pântano do Sul, em Florianópolis-SC. Idosos da comunidade narram sobre pescarias de...

Vende-se Pequi

O povo indígena Manoki vive no noroeste de Mato Grosso e uma de suas atividades produtivas é a venda de pequi...

Miguel Batista, o construtor de imagens

“Agradecemos o cinema

Pelos franceses inventados

Lumiére Louise August

Depois modernizado

Por Thomas Alva Edison

Foi americanizado”

Esse verso do cordel “A Glória do cinema cabe...

Foto Sensível

Histórias da praia da Armação,...

Passeio

Olhares sobre um espaço atípico em meio a selva de concreto. Fundado em 1886, o Passeio Público de Curitiba foi...