4199 visualizações
VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 3.0/5 (1 vote cast)

Nos Trilhos do Tempo

Documentário que conta a história de uma extinta e esquecida estrada férrea que tanto desenvolvimento trouxe para a nossa região.
Este filme dá voz a personagens anônimos cujas histórias de vida se imbricam com a da ferrovia. Aborda as relações homem/máquina bem como a homem/espaço/tempo construindo um catálogo audiovisual de um patrimônio histórico surreal que está se perdendo com o tempo.
Nesta obra a beleza e a sensibilidade podem ser percebidas em paisagem, palavras, gestos e olhares.

Tema: IDENTIDADE

Tags: ferrovia, memória, tempo, trem

FICHA TÉCNICA

País: Brasil

Duração: 17'

Diretor: Raquel Rocha

Produtor: Raquel Rocha

Ano: 2010

Montagem: Roberto Ribeiro

Som Direto: Raquel Rocha

Fotografia: Raquel Rocha

Trilha: Creative Commons

Filmografia do Diretor:
Documentários Resiliência e Itabuna 100 anos, A história contada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

  1. Thais Paulella disse:

    Muito bem produzido esse documentário, com muito conteúdo, só quem mora na região que pode sentir a emoção ao ver essas pessoas falando, pena não ter mais a ferrovia.
    Parabéns!!!

CURTAS RELACIONADOS

Memória a dois

Diante de uma fotografia antiga, dois casais são convidados a resgatar lembranças
que instiguem as memórias da fotografia...

Yãmîy

Os yãmîys são os “espíritos” do panteão maxakali. Eles são vários, virtualmente infinitos. E todos se conectam por uma metamorfose...

Viva Cabo Verde

Um panorama etnográfico desse arquipélago africano, gravado cerca de duas décadas após o país ter se tornado independente de Portugal....

Se milagres desejais

Milagres cotidianos à beira das estradas, na borda dos parreirais e rodovias, em cada lugar onde foi erguido um capitel, esse marco...

Casa Vazia

Uma família se muda da casa em que viveram por mais de 30 anos. Um filme sobre mudanças e...

Uma Escola Hunikui

Nos tempos dos patrões os Hunikui não podiam falar a sua língua nem praticar as suas danças. Hoje, os professores...