10014 visualizações
VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 4.1/5 (15 votes cast)

Embu – Terra das Artes

TEM GENTE AÍ? É a pergunta que não cala na voz da população de Embu das Artes - SP, cobrando respeito ao seu patrimônio artístico e ambiental. Com um histórico de lutas ambientais o município de Embu das Artes, parte da Reserva da Biosfera do Cinturão Verde da Cidade de São Paulo, de reconhecida vocação artística desde a sua criação em 1554, enfrenta mais uma batalha: ao permitir indústrias e logística em toda a extensão da ZIA - Zona de Interesse Ambiental - região que abriga importantes remanescentes florestais e mananciais, destacando-se os rios Embu Mirim e Cotia, o novo Plano Diretor compromete não apenas as últimas áreas verdes do município, como a sobrevivência do núcleo de arte na região.

Tema: ARTES

Tags: artesanato, artesanía, Crise Hidrica, Embu das Artes, ZIA

FICHA TÉCNICA

País: Brasil

Duração: 70'43"

Diretor: Maria de Fátima Seehagen

Produtor: Maria de Fátima Seehagen

Ano: 2012

Formato: HD

Montagem: Maria de Fátima Seehagen

Som Direto: Maria de Fátima Seehagen

Fotografia: Maria de Fátima Seehagen

Trilha: Eduardo Agni e Renato Gonda

Festivais:
II Cinecipó - Festival de Cinema Socioambiental da Serra do Cipó 36ª Mostra Internacional de Cinema em São Paulo


Comentário do Diretor: O documentário pretende reafirmar a vocação da cidade de Embu das Artes - SP, estância turística de grande valor artístico, em contraposição com uma sequência de intervenções político/administrativas que comprometem não apenas esta vocação da cidade, como áreas de proteção ambiental, os mananciais dos sistemas Alto Cotia e Guarapiranga e, consequentemente, o abastecimento de água para 6,6 milhões de pessoas na região metropolitana de São Paulo.

Deixe uma resposta para Ednardo Martins Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  1. Patricia Cecilia Gonzalez disse:

    Onde está o filme? Como posso ver?

  2. Patricia Cecilia Gonzalez disse:

    Onde está o filme? Como posso ver?

  3. Dora disse:

    O filme é lindo e ainda atual. Não conheço todas as pessoas mas gostaria de tê-las visto nas audiências públicas e nas reuniões dos conselhos que aprovam os absurdos desmatamentos da cidade. Com exceção do Paulo Nobre, do Juninho, do Renato Gonda e do Rodolfo Almeida não vi estes artistas protestando junto conosco ” cidadãos comuns”. Falta participação para atingir o objetivo.

  4. Fátima Seehagen disse:

    Olá pessoal! Visitem o projeto do meu novo longa metragem:
    http://eudoraofilme.blogspot.com.br/
    Espero vocês!

  5. Ildefonso Reis Samelo disse:

    Excelente filme, apesar de já esta a viver em Portugal há alguns anos,voltei ao “meu” Embú da década de 60/70. Já agora, um forte abraço ao meu amigo Zé Figueiredo

  6. Ildefonso Reis Samelo disse:

    Excelente este filme, apesar de agora estar a morar em Portugal, voltei “ao meu” Embú da década de 60/70. Já agora mando um forte abraço ao meu amigo Zé Figueiredo.

  7. FATIMA GARCIA disse:

    Que lindo resgate cheio de história e de belas pequenas histórias.

  8. Phiippe Giacobini disse:

    Moro em embu das Artes desde 1977 onde instalei minha clinica veterinari,para poder contribuir no bem estar dos nossos animais domesticos e da nossa fauna, assim afirmo ter assistido um video esxcelente que mostra bem o caminho que o povo quer seguir, e não a vontade de poucos!!!1

  9. Ednardo Martins disse:

    Ótimo documentário, que demonstra em depoimentos de ambientalistas natos, a preocupação pelo futuro de nossa cidade e esse futuro não deverá ser muito promissor, diante da devastação ambiental que a nossa cidade sofre diariamente em todo seu entorno. Por onde andamos se percebe a mudança radical de uma cidade verde sendo transformada em uma cidade cinzenta, “alfáltica”, que poderá perder totalmente sua identidade de cidade turística e estância ambiental….o ar que respiramos hoje não é bom para nossa saúde…semáforos, congestionamentos em nossa cidade não é progresso e desenvolvimento mas sim, poluição ambiental. Embu não merece isso…temos que nos unir e estancar esse mal desnecessário para Embu, terra das Artes..

CURTAS RELACIONADOS

Vamos continuar e permanecer aqui

"Vamos continuar..." é um curta-metragem documental que conta a história de um trabalho realizado formalmente desde 1990 pelo Centro de...

Almir Mavignier: Recortes de Memória

Documentário sobre o artista plástico Almir Mavignier e o início do Ateliê de Pintura do Hospital Psiquiátrico do Engenho de...

Quando a chuva vem

Quando a chuva vem parte de uma apropriação do modo de trabalhar de Ulisses Pereira. Na “limpeza” das...

Sentido?

Documentário experimental que registra uma performance artística em um campo de futebol alagado, no meio da selva amazônica. Baseado no...

Inventorias

"No momento em que estou fazendo um instrumento eu me deixo levar pelo que a madeira me inspira. E...

Cinema Novo

Curta de Luiz Rosemberg Filho com depoimentos de Mário Carneiro e Sergio Santeiro. "Antes de cada passo na técnica, os...