3168 visualizações
VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 5.0/5 (1 vote cast)

Gerlach Cine Desterro

O documentário de curta-metragem Gerlach Cine Desterro aborda a história do escritor e cinéfilo Gilberto Gerlach e sua relação com o Cineclube Nossa Senhora do Desterro, criado por ele em 1968. Com a curadoria apurada de seu idealizador, o cineclube foi responsável por trazer à cidade e exibir cópias raras em 35 mm de grandes filmes da história mundial do cinema. Gilberto possui contato com as embaixadas da Alemanha e França, de onde surgiram imagens que marcaram um período precioso na história do cinema florianopolitano. Com público sempre fiel, o Cine Desterro foi a escola e ponto de referência cultural de muitas pessoas apaixonadas pela arte cinematográfica. Gerlach Cine Desterro foi realizado durante a Oficina de Produção Audiovisual – Documentário, ministrada por Lallo Bocchino, no 1º FAÇA – Festival Audiovisual Catarinense, em abril de 2012.

Tema: ARTES

Tags: Cine desterro, Cinéfilos, cinema, florianópolis, Gerlach, Gilberto Gerlach

FICHA TÉCNICA

País: Brasil

Duração: 9:24'

Diretor: Tiaraju Verdi; Twiggy Cruz; Fernanda Martins; Bolívar Alencastro; Francisco Campos; Fausto Mira; Silvia Lenzi; Candice Machado; Cristian de Ciancio; Karen Kremer; Kerlei Zanga; Lucilene Corrêa; Pablo Mombach; Vanusa Ferlin e Velder Rodrigues

Produtor: Tiaraju Verdi; Twiggy Cruz; Fernanda Martins; Bolívar Alencastro; Francisco Campos; Fausto Mira; Silvia Lenzi; Candice Machado; Cristian de Ciancio; Karen Kremer; Kerlei Zanga; Lucilene Corrêa; Pablo Mombach; Vanusa Ferlin e Velder Rodrigues

Ano: 2012

Formato: HD

Montagem: Tiaraju Verdi e Lallo Bocchino

Som Direto: Lallo Bocchino

Fotografia: Lallo Bocchino e Tiaraju Verdi

Trilha: Twiggy Cruz e Lallo Bocchino

Festivais:
14º Catavídeo - Mostra de Vídeos Catarinenses (Florianópolis, 2012)


Comentário do Diretor: O curta conta com os depoimentos do poeta e artista plástico Rodrigo de Haro e Gunnar Gerlach, filho de Gilberto. Além disso, exibe alguns cartazes históricos que fazem parte da fantástica coleção que este guarda em seu acervo pessoal. Atualmente Gerlach busca apoio para a criação do Museu do Cinema de Florianópolis, onde poderá compartilhar este rico material com o público. Gilberto Gerlach, nascido em São José, na Grande Florianópolis, já é reconhecimento internacionalmente por conta de sua importância na área do audiovisual. Há vários anos participa do Festival de Cannes, na França, como convidado. Em 1968 participou da equipe que realizou “Novelo”, o primeiro curta-metragem de ficção realizado em Santa Catarina. O mesmo foi responsável pela câmera e dividiu a direção com Pedro Paulo Souza.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  1. castro pereira disse:

    Uma perola esse documentário, mostra parte de um belo trabalho que Gerlach realizou entre os muitos que ainda realiza.

CURTAS RELACIONADOS

Décimo Encontro de Jongueiros

A realização do 10º Encontro de Jongueiros, em 2005, celebrou o registro do Jongo do Sudeste como Patrimônio Cultural do...

Marie

A fotógrafa Marie. O sentido da vida. Um elogio ao...

Tremembé, meu amor

É um documentário lírico sobre o bairro do Tremembé, São Paulo, coração da Serra da Cantareira, maior floresta urbana do...

O Rito de Ismael Ivo

A vida do bailarino negro Ismael Ivo, suas perfomances, depoimentos sobre a dança e as dificuldades sociais enfrentadas para superar...

Tânatos

Realizado pelos alunos da cadeira de Laboratório de Realização II do Curso de Produção Audiovisual da PUCRS,  o...

Sampa Graffiti | Tikka

Neste documentário, o registro da realização de um trabalho da grafiteira...