3857 visualizações
VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 4.7/5 (3 votes cast)

KinOpoÉTicaS – Torpellino

Neste curta de KinOpoÉTicaS o documentarista colombiano Luis Ospina reflete sobre as mudanças estéticas vividas em seu país nos últimos 30 anos, segundo ele influenciados pelo que seria uma Narco-Estética, importada de Miami e Las Vegas. Fala também sobre temas de ética na filmagens de documentários e da mercantilização da miséria nos meios de comunicação atuais.

Tema: ARTES

Tags: artista, bogotá, cine_colombiano, colombia, estetica, luis_ospina, marimba, ospina

Programa Relacionado: Cinema e IdentidadeCine e Identidad

FICHA TÉCNICA

País: Colômbia / Brasil

Duração: 10'19"

Diretor: Pedro Dantas

Produtor: Carolina Valdés

Ano: 2010

Formato: HD

Montagem: Pedro Dantas

Som Direto: Carolina Valdés / finalização: Marcelo Tupi

Fotografia: Pedro Dantas

Trilha: Grupo La Revuelta

Filmografia do Diretor:
PEDRO DANTAS recibió como director y guionista de filmes de No-Ficción – KinOpoÉTicaS – Katari Kamina (2011), KinOpoÉTicaS – Torpellino (2010), La Moneda (2009), Ermelino É Luz (2009), Lamento Paulista (2008), KollaSuyo - A Guerra do Gás (2006), la serie de 3 cortometrajes ¿Onde Está América Latina? (2005), y Argentina Acorralada (2003) - un total de 15 premios en importantes festivales de cine de Brasil, tales como Gramado Cine Vídeo, Jornada Internacional de Cinema da Bahía, Festival de Cinema de Curitiba y FAM (Florianópolis Audiovisual do MERCOSUL). Es también Coordinador General y Curador del SP Leste en Movimento – Festival de Cinema da Zona Leste de São Paulo. Como periodista publicó artículos en revistas como História Viva (Editora Duetto) y Geografía – Conhecimento Prático (Editora escala). Es alumno del Post-Grado Magíster en Cine Documental en la Universidad de Chile, con coordinación de Ignacio Agüero. Es graduado en Comunicación Social, periodismo, en la PUC-SP – Pontifícia Universidade Católica de São Paulo - (2003). Fue beneficiado con bolsa de estudio en el III Seminario de Guión y Producción Creativa de Audiovisual de No-Ficción de Ibermedia / Uniacc, en Santiago de Chile (2008).


Comentário do Diretor: “Criar não é deformar nem inventar pessoas e coisas. É estabelecer novos vínculos entre pessoas e coisas que já existem e tal como existem” (Bresson)

KinOpoÉTicaS é um filme cuja narrativa se constrói a partir da conexão entre diferentes formas de expressões artísticas que relevam a cultura e a história de determinado país, povo ou região. Ou seja, um filme através da arte e não sobre a arte. Seu conteúdo trafega entre a objetividade textual expressa através do depoimento de seus personagens e a subjetividade artística existente na música, na pintura, no cinema, na arquitetura, nas expressões corporais humanas e nas paisagens naturais dos países visitados.

Torpelli é um dos 5 curtas que compõem a obra completa.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

    Este curta ainda não foi comentado. Seja o primeiro!

CURTAS RELACIONADOS

Novo Cinema

Documentário sobre jovens cineastas falando sobre os desafios de fazer cinema no Rio Grande do...

Sinal Vermelho

O “Sinal vermelho” é a deixa dada para os artistas de rua mostrarem todos os seus talentos. Diferentes artistas contam...

Movimento

Mostra os principais assuntos que pontuam as discussões em torno do movimento cineclubista no país e no...

A Onda Cover

O documentário mostra como ocorreu a explosão de bandas cover no inicio dos anos 90 em São Paulo, através de...

Artesãos da Morte

O que a morte significa para aqueles que, em seu cotidiano, são confrontados com o manuseio de cadáveres? Nós estamos...

Carmen Miranda

A morte de Carmen Miranda, em 1955, emocionou todo o Brasil. Carmen foi a primeira atriz de formação brasileira a...