3444 visualizações
VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 5.0/5 (1 vote cast)

Mini Cine Tupy

José Zagati, catador de papelão de Sítio das Madres, assentamento na periferia de São Paulo, montou uma pequena sala de cinema na garagem de sua casa, com materiais encontrados no lixo, para poder exibir filmes para as crianças da vizinhança. O cinema funciona todos os domingos e a sessão começa assim que anoitece. Se não chover: é que o projetor fica desprotegido na calçada, para que tenha maior distância da tela. No Mini Cine Tupy a entrada é franca.

Tema: ARTES

Tags: especial_inclusao, lixo, periferia, sala_de_cinema, são_paulo

Programa Relacionado: Tudo pelo Cinema

FICHA TÉCNICA

País: Brasil

Duração: 10'

Diretor: Sérgio Bloch

Produtor: Sérgio Bloch e Marcos Mota

Ano: 2002

Formato: HD

Montagem: Jordana Berg

Som Direto: Joaquim Santana

Fotografia: Jacques Cheuiche

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  1. Edivaldo Moura disse:

    Que história apaixonante! O cinema está mesmo no sangue de algumas pessoas. Adorei o filme!

  2. BDttTsqmBQRwGnaztUn disse:

    I’m impressed! You’ve mnaaged the almost impossible.

CURTAS RELACIONADOS

Undó Aigô

Lenilson, funcionário de uma universidade no setor de limpeza, resolve um dia, após um sonho, começar a trabalhar com máscaras...

Do morro?

O cantor João do Morro, fenômeno da cena cultural do Recife e personagem central de “Do Morro?”, é um dos...

No meu palanque

Nós os vemos e não os vemos (ou decidimos não vê-los?), acreditamos e não acreditamos no que nos recomandam para...

Victor Foto Estúdio

Desculpe-nos, mas este texto esta apenas disponível em

Felisbelo

O escritor e compositor sergipano Felisbelo da Silva mostra, neste filme, um curtíssimo apanhado da sua obra, composta por mais...

Sampa Graffiti | Tikka

Neste documentário, o registro da realização de um trabalho da grafiteira...