4105 visualizações
VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 5.0/5 (1 vote cast)

Zé[s]

Uma coincidência cósmico-semântica. Zé, Teatro, Oficina. Zé Celso Martinez Corrêa, diretor do Teat(r)o Oficina Uzyna Uzona, de São Paulo. Zé Perdiz, mecânico de Brasília cuja oficina se transforma em teatro. Vidas paralelas. Encontro cinematográfico.

Tema: ARTES

Tags: piu_gomes, teatro, teatro_oficina, zé_celso, zé_perdiz

Programa Relacionado: Teatro de Resistência

FICHA TÉCNICA

País: Brasil

Duração: 15'

Diretor: Piu Gomes

Produtor: Luiz Antônio Gomes / Kátia Oliva

Ano: 2010

Formato: HD

Montagem: Piu Gomes

Som Direto: Acácio Campos

Fotografia: Dizo dal Moro

Trilha: Incidental

Prêmios:
Melhor Documentário no Festival de Brasília 2010,Melhor Curta - Júri Popular no Curta-se - Festival Luso-Brasileiro de Curtas Metragens de Sergipe 2010,Melhor Documentário no Curta-se - Festival Luso-Brasileiro de Curtas Metragens de Sergipe 2010,Prêmio Aquisição Porta Curtas no Curta-se - Festival Luso-Brasileiro de Curtas Metragens de Sergipe 2010,Menção Honrosa no Cine PE 2010,Melhor Som no Curta Canoa 2010

Festivais:
Festival do Rio 2010,Mostra Internacional de Cinema de São Paulo 2010,Curta-se: Festival de Curtas-Metragens de Sergipe 2010,Festival de Brasília 2010,Cine PE 2010,Curta Canoa 2010,Goiânia Mostra Curtas 2010,CineFest Votorantim 2010,Festival Amadis du Film 2010,Fenart - Festival Nacional de Artes da Paraíba 2010,Mostra Outros Cinemas 2010,Goiânia em Cena - Festival Internacional de Teatro de Goiânia 2010,Mostra Cinema Conquista 2010

Filmografia do Diretor:
Zé[s] – documentário, curta-metragem, 35mm. Direção e montagem. 2010.
Quatro por Quatro – ficção, curta-metragem, 35mm. Direção e roteiro. 2005.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  1. Pedro Gonçalves disse:

    Adoraria conhecer esse espaço! Pois faço um teatro alternativo, sou professor de teatro diretor e ator. Muito bom !

  2. Julia C. M. Pereira disse:

    O Zé Celso dispensa comentários. O outro Zé, foi uma coincidência muito feliz e resultou num ótimo documentário. Adorei.

CURTAS RELACIONADOS

Oficina Perdiz

SCRN 708/9. Entre os Blocos C e D. Área pública. Brasília-DF. Perdiz e a Oficina. Entre peças mecânicas e...

Dois Andares

Um filme-entrevista. Entre dois andares, duas maneiras de ver e fazer cinema. O pensamento de dois importantes diretores brasileiros contempôraneos,...

Eu, trilho

A diretora constrói a história da avó a partir de depoimentos de sua mãe, de mulheres, da reunião de objetos...

Pixinguinha e a Velha Guarda do Samba

Em abril de 1954, nos festejos do IV Centenário de São Paulo, Thomaz Farkas filmou uma apresentação de Pixinguinha com...

Murais pela Identidade: Jorge Cuello

Em 2011, o artista Jorge Cuello fez uma intervenção numa das paredes da estação rodoviária na cidade serrana de Villa...

A Inventariante

A inventariante escolhe e exibe 12 objetos do cotidiano de sua avó para fazer um pedido de...