4200 visualizações
VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 4.5/5 (2 votes cast)

Artesãos da Morte

O que a morte significa para aqueles que, em seu cotidiano, são confrontados com o manuseio de cadáveres? Nós estamos acostumados a dizer que a morte se localiza em algum lugar além da linguagem. Mas como aqueles que lidam diariamente com a morte falam de seu trabalho? Começando com a sabedoria popular sobre cadáveres e entrevistando legistas e funcionários de funerárias, o filme é uma investigação sobre a vida e sobre a morte.

Tema: COMPORTAMENTO

Tags: cadáver, comportamento, comportamiento, funerária, morte, muerte, psicanálise

Programa Relacionado: RituaisRitos

FICHA TÉCNICA

País: Brasil

Duração: 17'46"

Diretor: Miriam Chnaiderman

Produtor: Reinaldo Pinheiro

Ano: 2001

Formato: HD

Filmografia do Diretor:
1994 • Dizem que sou louco
13 min película 16 mm

2001 • Artesãos da Morte
18 min película 35 mm

2003 • Gilete Azul
16 min vídeo

2004 • Isso, aquilo e aquilo outro
28 min vídeo

2005 • Você faz a diferença
18 min vídeo

2006 • Passeios no Recanto Silvestre
15 min película 35mm

2007 • Procura-se Janaína
54 min vídeo

2008 • Sobreviventes
52 min vídeo

2009 • Afirmando a Vida
18 min vídeo

Deixe uma resposta para Carlos Roberthuz Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  1. Maria Emilia disse:

    Estou tentando ver não estou conseguindo assistir

  2. Maria Emilia disse:

    Estou tentando ver não estou conseguindo assistir

  3. Carlos Roberthuz disse:

    Muito interessante o documentário, por tratar um assunto que muitas pessoas ignoram. Parabéns aos idealizadores do filme.

  4. saUQiBFdqyU disse:

    It’s wdnoerufl to have you on our side, haha!

CURTAS RELACIONADOS

Colina verde e as plantas sagradas

Um paseio pela selva peruana onde conheceremos Javier e Cruzildo Fasabi. Eles nos convidam a descobrir a medicina, histórias e...

O homem sem nome

Um peregrino chega à comunidade de Boa Vista, na Paraíba, Brasil, em 1947, sem mala e sem destino, fixa-se no...

Mbyá Reko Pyguá, a luz das palavras

A sensibilidade do povo Guarani em educar as crianças permanece viva apesar das influências da sociedade contemporânea. Mas os caminhos...

Jaula

A porrada vai...

Eu que te benzo, Deus que te Cura

Registro das práticas terapêuticas religiosa-populares realizadas por benzedeiras de Florianópolis. A chamada medicina popular existe desde o início das civilizações,...

Através das Grades

Um retrato do modo de vida de gente diferente. Cenas bonitas, chocantes, emocionantes e cotidianas, todas elas reais, são usadas...