4619 visualizações
VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 4.5/5 (2 votes cast)

Nação Oculta – Os bolivianos em São Paulo

Este documentário pretende mostrar a vida e o cotidiano das pessoas da comunidade boliviana de São Paulo, seus costumes e sua cultura, bem como as estratégias de sobrevivência que essas pessoas encontraram para construir suas vidas na maior cidade da América do Sul.

Tema: COMPORTAMENTO

Tags: bolívia, bolivianos, imigração, imigração_boliviana, imigrantes, migración_boliviana

FICHA TÉCNICA

País: Brasil

Duração: 57'06"

Diretor: Diego Arraya

Produtor: Alexandre Rampazzo

Ano: 2008

Formato: DVCAM

Fotografia: Diego Arraya

Prêmios:
Exibido na Universidade Sorbonne Paris IV - aula inaugural sobre América Latina - 2010 Exibido na TV estatal de Angola. Exibido em comemoração aos 60 anos da Carta Universal dos Direitos Humano - Onu, diversos lugares do Brasil.

Festivais:
Mais de 11 festivais pela américa latina.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

    Este curta ainda não foi comentado. Seja o primeiro!

CURTAS RELACIONADOS

A Teia Pagã: Bruxaria e Paganismo na Rede Virtual

Culto aos ciclos da natureza, práticas politeístas, rituais de magia e conexão com as energias cósmicas. Todos esses elementos são...

El perro está cansado

Un conductor de taxi con ganas de hablar de su vida y un pasajero-cineasta con la cámara prendida. Ese encuentro...

Adão ou Somos Todos Filhos da Terra

Morador da favela de Cantagalo no Rio de janeiro, Adão Xalebaradã é compositor de mais de 500 músicas e nunca...

Transcrever

Transcrever é um documentário que tem o objetivo de mapear territórios de passagens do ambiente do impresso para o universo...

Ser ou não ser?

Através de depoimentos pessoais, o racismo é discutido pelos atores da Cia. de Teatro OS CRESPOS neste documentário...

Sexo Virtual – com Contardo Calligaris

A internet mudou tudo. O trabalho, a comunicação, os relacionamentos, e, claro, o sexo.  Mas mudou para melhor ou para...