5502 visualizações
VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 3.7/5 (3 votes cast)

Bicho preto nasce branco

Lixeiro celeste voando alto, o urubu consegue enxergar tudo o que o homem deixa sujo na terra.

Tema: COTIDIANO

Tags: angelo_lima, basura, buítre, especial_meioambiente, flamengo, lixo, meio_ambiente, urubu

Programa Relacionado: Animais de pertoAnimales de cerca

FICHA TÉCNICA

País: Brasil

Duração: 13'55"

Diretor: Angelo Lima

Produtor: Angelo Lima

Ano: 2007

Formato: HD

Montagem: Juliana Corso

Fotografia: Jonas Guedes e Gel Messias

Trilha: Eduardo Corso

Prêmios:
Melhor Filme Ambiental no Goiania Mostra Curtas 2007

Festivais:
Cine Eco 2007, Mostra ABD/GO 2007, Goiania Mostra Curtas 2007

Filmografia do Diretor:
Icologia, E da Raiz, Amarelinha, Ruidos da Fe, Retrato 3x4 de um Tempo, A Vida e um Risco, A Proxima Mordida


Comentário do Diretor: A importancia do Urubu por um mundo melhor. Sempre voando acima de nossa cabeças, com olhar aguçado ele nos mostra onde deixamos nossas carniças.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

    Este curta ainda não foi comentado. Seja o primeiro!

CURTAS RELACIONADOS

Trilha TransCarioca

Curta-metragem acompanha o grande Mutirão da trilha de longo curso TransCarioca, com objetivo de integrar as Unidades de Conservação da...

Capota de Fusca

Retrato de um homem de idade cheio de energias, uma lição de vida que traz à tona a velhice, um...

Misisipi

Una aventura invernal de cuatro camarógrafos al encuentro de historias que esperan ser contadas. Así, la fuerza de la naturaleza,...

Amor como destino

Documentário discutindo relação de casais com muitos anos de união....

Sorria! Você está sendo filmado.

O audiovisual está ao alcance de todos. As câmeras de celular, as máquinas fotográficas, as câmeras de segurança. Somos parte...

Augusta: Do Luxo à Luxúria

A rua mais conhecida da cidade de São Paulo do jeito que você nunca...