3443 visualizações
VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 4.7/5 (7 votes cast)

Estrada Dom Joaquim Mamede

Uma capela católica, um centro xamânico e uma igreja evangélica. Uma clínica onde morreram 156 pacientes em 4 meses. Um clube decadente. Uma escola em formato de castelo. Uma pequena favela. Bares. Casas com câmeras. Esse é o cenário de uma reflexão pessoal sobre a vida na cidade do Rio de Janeiro.

Tema: COTIDIANO

Tags: cidade, periferia, rio_de_janeiro

FICHA TÉCNICA

País: Brasil

Duração: 15'23"

Diretor: Jonas Amarante

Produtor: Bia Medeiros

Ano: 2013

Formato: HD

Montagem: Lucas Aires e Jonas Amarante

Som Direto: Gabriel D

Fotografia: Miguel Lindenberg

Trilha: -

Prêmios:
-

Festivais:
-


Comentário do Diretor: Minha motivação para fazer esse filme foi a de retratar esse lugar tão especial que é a Estrada Dom Joaquim Mamede. Especial pra mim porque morei lá grande parte da minha vida, e especial por ser um lugar excêntrico, de tantos contrastes, tão perto do centro da cidade, mas quase parado no tempo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

    Este curta ainda não foi comentado. Seja o primeiro!

CURTAS RELACIONADOS

O Livro de Walachai

Em Walachai, uma pequena comunidade de origem alemã no sul do Brasil, viveu o professor e agricultor Benno Wendling...

Marco Aurelio

Marco Aurelio é uma pessoa sensível com a sociedade de Campo Grande e agradecida a ela, que no seu contato...

Vamos continuar e permanecer aqui

"Vamos continuar..." é um curta-metragem documental que conta a história de um trabalho realizado formalmente desde 1990 pelo Centro de...

Uma cabeça para cada cabelo

Nos arredores do Terminal Rodoviário do Guadalupe, em Curitiba(PR), há um intenso comércio de...

Tempo Roubado

Uma história comovente sobre a força de mulheres Aimaras, que perderam seus afetos durante a guerra do gás na Bolívia,...

O Boi Roubado

Trabalhadores rurais lembram da época em que usavam a criatividade para trabalhar e se divertir ao mesmo tempo. Era uma...