2225 visualizações
VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 2.5/5 (4 votes cast)

O Regresso

Em dezembro de 2009, uma pequena equipe de vídeo acompanhou as últimas 48 horas de um migrante em São Paulo. Após 32 anos na cidade, o cearense Francisco das Chagas fez as malas e retornou a sua terra natal. Entre alegrias e tristezas, uma busca comum a muitos.

Tema: COTIDIANO

Tags:

FICHA TÉCNICA

País: Brasil

Duração: 15'

Diretor: CASSIO BOMFIM

Produtor: CASSIO BOMFIM

Ano: 2010

Formato: HDV

Montagem: CASSIO BOMFIM

Som Direto: RICARDO PINTA

Fotografia: RODRIGO RIBEIRO

Trilha: -

Prêmios:
Prêmio de incentivo a produção Programa Petrobras Cultural

Festivais:
33ª Festival Guarnicê de Cinema | MA 6ª Mostra Audiovisual de Cambuquira | MG 9ª Festival Santa Maria Vídeo e Cinema | RS 4º Festival Audiovisual Visões Periféricas | RJ 4 ª Mostra de Cinema de Belo Horizonte | MG


Comentário do Diretor: Primeiro projeto pessoal realizado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

    Este curta ainda não foi comentado. Seja o primeiro!

CURTAS RELACIONADOS

Sem perder a ternura

Dionata nasceu em um acampamento do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra, na zona rural de Abelardo Luz, oeste de...

BLACK BLOC – A Story of Violence and Love

História de amor e violência - documentário ou ficção? - no meio dos Black Blocs, que as mídias tradicionais descrevem...

D.O.R.

Através de depoimentos pessoais, utilizando-se de gestos e sem falas, o tema DOR e racismo é retratado pelos atores da...

Lotado

O problema da superlotação nas penitenciárias do Rio de Janeiro, através de depoimentos de um ex-presidiário, dois ex-diretores do DESIPE,...

Relato del agua que incendia

Este video fue realizado por el taller de fotografía socio-ambiental Cabín 9. La propuesta surge del seno de la realidad...

Los espejos rotos

Nuestras opiniones acerca de las cárceles frecuentemente se basan en prejuicios respecto de lo que imaginamos ocurre tras los muros....