3395 visualizações
VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 4.8/5 (4 votes cast)

Oceano Sólido

O fim de uma travessia marítima é o início de uma nova vida para o diretor/narrador deste documentário. Ele regressa a sua terra natal, o Equador, a bordo de um navio cargueiro habitado por um conjunto de homens que pouco a pouco se familiarizaram com a câmera e se abrem a ela para contar suas histórias. A maioria dos marinheiros são filipinos e há algo em seu espírito que cativa: talvez seu hermetismo, sua resistência inicial à câmera ou ao sujeito que, com a câmera, quer invadir esse pequeno espaço de privacidade aonde se confundem sentimentos, recordações e  desejos. Talvez porque a cabina seja muito pequeno e o mar demasiado vasto, os marinheiros preferem o silêncio. Oceano Sólido é uma reflexão lírica que flutua sobre as profunidades inexpugnável do oceano humano.  

Tema: COTIDIANO

Tags: marineros, océano, retorno, viaje

FICHA TÉCNICA

País: Ecuador

Duração: 27'

Diretor: Tomás Astudillo

Produtor: Tomás Astudillo

Ano: 2011

Formato: HD

Montagem: Alejandra Aguilar

Som Direto: Florent Scherrer

Fotografia: Tomás Astudillo

Prêmios:
Mejor Cortometraje Documental CORTOPOLIS

Festivais:
EDOC, CINESUL, FICMonterrey, CORTOPOLIS, CINEB, CINEMA JOVEM, FENACO, LA PREMIERE FOIS, FLANDES LFF

Filmografia do Diretor:
Océano Sólido, ópera prima

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

    Este curta ainda não foi comentado. Seja o primeiro!

CURTAS RELACIONADOS

O Dia da Neve

Pela manhã do dia 17 de julho de 1975 a surpresa e euforia tomam conta dos curitibanos. Sob flocos brancos...

Criaturas que Nasciam em Segredo

Cinco anões que moram em São Paulo falam de família, sexo, preconceito e problemas que enfrentam no dia a dia...

Sampa Graffiti | Tikka

Neste documentário, o registro da realização de um trabalho da grafiteira...

Terrorismo Poético 2

Terrorismo Poético 2 aborda o estranhamento da normatividade social e a ruptura da rotina através de intervenções de cunho poético...

Bicho preto nasce branco

Lixeiro celeste voando alto, o urubu consegue enxergar tudo o que o homem deixa sujo na...

Naquele tempo

Do tempo da conversa sem pressa. Conversa em verso e prosa. Das narrativas sobre bruxas, feiticeiras e lobisomens que habitavam os dias...