2780 visualizações
VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 4.5/5 (2 votes cast)

Trevos e cores

Coco, um pai que começou a trabalhar aos 13 anos. Pocha, uma mãe dona de casa, que se diz crente em Deus.
Ambos criaram suas três filhas em liberdade, mas acima de tudo com um legado de educação baseado na honestidade, solidariedade e justiça. Mas, principalmente, na alegria.
A história do país mudou a família. No início dos anos 70, o trio tinha aprendido a voar.

Tema: COTIDIANO

Tags: brasil, canoura, derechos humanos, dictadura, direitos_humanos, ditadura_militar, exílio, família, rio de janeiro, rumbo, uruguay

FICHA TÉCNICA

País: Uruguay

Duração: 28'26"

Diretor: Celia Bissio Canoura

Produtor: Inés Gubba

Ano: 2009

Formato: MINIDV

Montagem: Celia Bissio Canoura

Som Direto: Valeria Hernández

Fotografia: Ana Paula Aranco

Trilha: documental

Festivais:
Setiembre de 2012 participa de la 1ra Muestra de documentales de Derechos Humanos, organizado por el Museo de la Memoria (MuMe) de Montevideo. Setiembre de 2010 participa de la Competencia Internacional de Cortos de la 7ma muestra audiovisual "Piriápolis de Película". Octubre de 2010 participa del Primer Concurso de Cortos en el 9no FESTIVAL DE CINE DE MONTEVIDEO organizado por Moviecenter y la Asociación de Críticos de Cine del Uruguay (ACCU)


Comentário do Diretor: Tréboles y Plasticola es la historia de una familia, mi familia, que durante más de diez años se vió obligada a vivir distanciada, pero que nunca dejó de estar unida. Es la historia de tres hermanas, que viven la dictadura en el Uruguay desde tres roles diferentes, y de sus padres, que pese al sacudón de las circunstancias mantienen firme el vínculo familiar. La realización de este documental fue muy importante para nosotros como personas, cómo familia que finalmente se sienta a contarse su historia. Una historia tan cotidiana que se universaliza, es mi familia, pero cuentan la historia de muchas más.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

    Este curta ainda não foi comentado. Seja o primeiro!

CURTAS RELACIONADOS

Barcos de Odivelas

Documentário sobre o trabalho dos mestres carpinteiros e calafates que constroem os barcos e canoas de pesca no município de...

O rei está doente

Sete de fevereiro de 1969. Caninin, o maior boxeador do Paraná, é derrotado pelo pugilista amador Ale Kanson. O filme...

Atrás da Pedra – Resistência Tekoa Guarani

Com direção do fotógrafo e jornalista Thiago Carvalho, roteiro de Tais Oliveira e produção de Guilherme Queiroz, o documentário aborda...

A Prata

Um breve olhar sobre a "Forja dos Campeões", tradicional torneio de boxe amador da cidade de São Paulo. O documentário...

Nas terra que o sapo berra

Escute bem essa história
desse homem competente
Esse grande conhecedor
do passado até o presente:

Manoel da Costa Lima,

Kaaipira

\"Kaaipira\", do tupi guarani, que significa \"cortador de mato\", denominação dada aos moradores que se fixaram no interior do país....