3472 visualizações
VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 5.0/5 (1 vote cast)

Corpo a Corpo

Videopoema sobre os Ianomamis.

Tema: CULTURA POPULAR

Tags: índios, Índios_ianomami, tribo_ianomami

Programa Relacionado: Sentimentos IndígenasSentimientos indígenas

FICHA TÉCNICA

País: Brasil

Duração: 7'21"

Diretor: Ronaldo Duque

Produtor: Eduardo Mendes

Ano: 2005

Formato: HD

Montagem: Walter Santos

Fotografia: Almir de Queiroz

Trilha: André Luiz de Oliveira E Cláudio Vinícius

Filmografia do Diretor:
Filmes, Premiações e participação em Festivais e Concursos

Corpo a Corpo,
videopoema sobre os Ianomamis. (Roteiro e Direção);
- Prêmio "Aporte a la Creación y Narrativa Indígena" no IX Festival Internacional de Cine Y Vídeo de Pueblos Indígenas 2008, realizado em La Paz na Bolívia.

Araguaya, a Conspiração do Silêncio
longa-metragem 35mm sobre a Guerrilha do Araguaia. (Roteiro e Direção);
- Prêmio Especial do Júri no 20º Festival de Cinema Latino Americano de Trieste/2005.
- Prêmio de Melhor Filme no 5º New York Brazilian Film Festival em Nova Iorque/2005.
- Prêmio Especial do Júri no 32º Festival de Cinema de Gramado/2004.
- Participação na Mostra Oficial do 29th International Film Festival Cairo/2005.
- Participação na Mostra Oficial do Anchorage International Film Festival Alaska/2005.

Contos da Resistência,
série de programas (04) co-produzidos com a TV Câmara sobre os Anos de Chumbo no Brasil. Menção honrosa no 26º Prêmio Jornalístico Vladimir Herzog de Anistia e Diretos Humanos 2004. (Diretor de cena);


NO,
documentário realizado no Chile em 1988 durante o plebiscito que derrubou o ditador Pinochet. Premiado como melhor documentário do Rio Cine Festival de 1989, quando também foi escolhido como melhor documentário independente pela Federação Nacional dos Jornalistas, FENAJ. (Roteiro e Direção);

Póstuma Kretã,
documentário sobre o assassinato do cacique Ângelo Cretã, no sudoeste do Paraná, durante um conflito agrário. Prêmio especial do juri da Jornada Brasileira de Curta-metragem da Bahia. Menção Honrosa no Festival Internacional de Havana. (Roteiro e Direção);

Brinquedos, Promessas e Fé,
documentário sobre os brinquedos populares e a festa do Círio de Nazaré, realizado anualmente em Belém, Estado do Pará. Premiado pela Fundação Comunidade como documentário do ano 1994. (Roteiro e Direção);

Josué de Castro,
documentário sobre o sociólogo pernambucano, premiado com a Margarida de
Prata pela CNBB em 1996. (Produtor Associado);

Guerra de Canudos,
making off vencedor do Festival Internacional do Making off de 1997.
(Roteiro e Direção);

IX Jogos dos Povos Indígenas
documentário sobre o IX Jogos dos Povos Indígenas 2007, realizado em Recife e Olinda.

40 Anos do Melhor Festival de Brasília do Cinema Brasileiro,
documentário em homenagem ao 40 anos do Festival de Cinema de Brasília. (2007)

Imagem Latente,
documentário sobre Che Guevara. (2007)

Olhar Inquieto,
documentário sobre o artista plástico Siron Franco, com textos de Ferreira Goulart.
(Roteiro e Direção);

Antônio Poteiro,
documentário de curta-metragem. (Roteiro e Direção);


A rua da Minha Janela,
curta de ficção realizado em Curitiba. (Diretor de Fotografia);

Cora Doce Coralina,
documentário sobre a poetisa goiana. (Roteiro e produção);

A Guerra do Pente,
realizado em Curitiba . (Som Direto);

Janela para os Pirineus,
prêmio Paulo Emílio Sales Gomes no 29 Festival de Brasília do Cinema
Brasileiro

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

    Este curta ainda não foi comentado. Seja o primeiro!

CURTAS RELACIONADOS

A Mão que Borda

Um pequeno município, no interior de Sergipe, é conhecido como a terra do bordado. Lá, em qualquer rua que se...

Ao Long da Vida

Documentário fala sobre longboard e a aventura de um grupo de...

A Espanha é uma festa

Existem mais de mil festas populares por ano na Espanha. Numa viagem de três meses durante a primavera de 2001,...

Ñanderu, Panorâmica Tupinambá

Resgate poético da memória de nossos antepassados Tupinambá, considerados extintos ainda no século XVI, com depoimento do cacique/pajé da tribo...

Quando a chuva vem

Quando a chuva vem parte de uma apropriação do modo de trabalhar de Ulisses Pereira. Na “limpeza” das...

Existem

É a Havana de agora, e a loucura parece transitá-la. A sociedade aprende e aceita a demência como uma possibilidade...