3035 visualizações
VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 4.0/5 (1 vote cast)

Renova a Esperança

30 anos depois do início de uma das maiores ocupações urbanas do Estado de Goiás, 4 integrantes do grupo de posseiros/as urbanos rememoram a luta por terra passada durante a década de 1970. De forma poética, Renova a Esperança narra o processo que deu origem ao Jardim Nova Esperança. O filme narra, por meio daqueles/as que participaram da ocupação e ainda vivem no local, as motivações da ocupação, os recursos usados durante a resistência contra o Estado e o sentimento em relação ao bairro e a luta pela terra.

Tema: CULTURA POPULAR

Tags: bairro_popular, lucha_por_la_tierra, luta_pela_terra, movimento_social_por_moradia, movimiento_social, ocupantes_urbanos, posseiros_urbanos

FICHA TÉCNICA

País: Brasil

Duração: 14'54"

Diretor: Tatiana Leal, Kamyla Maia e Boris Alarcón

Produtor: Tatiana Leal, Kamyla Maia e Boris Alarcón

Ano: 2010

Formato: HD

Montagem: Tatiana Leal, Kamyla Maia e Boris Alarcón

Som Direto: Tatiana Leal, Kamyla Maia e Boris Alarcón

Fotografia: Boris Carlos García Alarcón

Trilha: Reginaldo Mesquita e João Rodrigues

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

    Este curta ainda não foi comentado. Seja o primeiro!

CURTAS RELACIONADOS

O Boi Roubado

Trabalhadores rurais lembram da época em que usavam a criatividade para trabalhar e se divertir ao mesmo tempo. Era uma...

Fome de Bola

Um olhar irreverente sobre o esporte mais popular do mundo. O futebol visto através de torcidas arquirrivais em um estádio,...

SUPERAÇÃO

Desde os treze anos, Renan utilizou diversas drogas até chegar no crack. Passou por momentos turbulentos junto à família, essa...

Foto Sensível

Histórias da praia da Armação,...

Maracatucá

Retrata histórico do ritmo do Maracatu cearense dentre o movimento, a resistência e a...

A pandorga e o peixe

O vento é terral. O pescador joga a linha e ela não passa da arrebentação. Mas é preciso levar o...