5475 visualizações
VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 5.0/5 (4 votes cast)

Fruto da Terra

Marcos Tiarajú foi o primeiro bebê nascido na Fazenda Annoni, em 1985. Os pais fizeram parte das 1500 famílias na ocupação realizada pelo MST, início de uma nova etapa na luta pela reforma agrária no Brasil. Sua mãe, Rose, foi morta durante essa luta. A história dessa ocupação, que culminou com a conquista da terra e de novas oportunidades de vida, é contada nos dois premiados documentários de Tetê Moraes, Terra para Rose e O sonho de Rose, 10 anos depois. Hoje, com 22 anos, Marcos é bolsista de medicina, em Cuba. Uma saga de conquista de direitos humanos, através da luta social, uma história de superação de desigualdades e injustiças, de marginalização e miséria.

Tema: DIREITOS HUMANOS

Tags: cuba, direitos_humanos, mst

Programa Relacionado: Em nome da terraEn nombre de la tierra

FICHA TÉCNICA

País: Brasil

Duração: 14'15"

Diretor: Tetê Moraes

Produtor: Tetê Moraes

Ano: 2008

Formato: HD

Fotografia: Cezar Moraes

Filmografia do Diretor:
Diretora conhecida pelos documentários Terra para Rose (1987), melhor filme nos festivais de Brasília e de Havana, e O sonho de Rose, dez anos depois... (2000), premiado em Havana e escolhido pelo público como melhor documentário do Festival do Rio. Durante a ditadura
foi presa e exilada, viveu no Chile, nos Estados Unidos, na França e em Portugal, sempre trabalhando como jornalista, professora ou pesquisadora. Em 1979 voltou ao Brasil e ao jornalismo. Estreou no cinema em 1981 com o curta-metragem Quando a rua vira casa, e em seguida filmou em Portugal Aulas e azeitonas. Produziu e co-dirigiu vários documentários sobre o Brasil para a BBC de Londres e para outras televisões européias. Em 2005, lançou no Festival do Rio o documentário O sol – Caminhando contra o vento, co-dirigido por Martha Alencar, sobre o nascimento do jornal-escola de resistência à ditadura militar na década de 1960 no Brasil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  1. Andrelina Teodoro Ferracin disse:

    ao assistir este curta metragem em doc,me sensibilizei com o seu autor,nos dando uma historia tão real e atual nos mostrando que é uma vida real e não fictícia

CURTAS RELACIONADOS

Bar da Estação

Até 1990, o município de Ribeirão Vermelho, Minas Gerais, abrigava um dos maiores complexos ferroviários do estado. Trabalhavam ali cerca de...

Marias

Reflexões, medos íntimos revelados, angustias e denúncias... Frutos criados por fortes verdades e gritos...

Vida

Oswaldo Haro tem uma visão única quanto à ecologia: “A arte prática de localizar as espécies”. Oswaldo tem vivido e...

D.O.R.

Através de depoimentos pessoais, utilizando-se de gestos e sem falas, o tema DOR e racismo é retratado pelos atores da...

J.

Este curta faz parte do projeto Marco Universal. O documentário relata, passo a passo, as tentativas frustradas de obter proteção,...

em Ancón

Desculpe-nos, mas este texto esta apenas disponível em