38835 visualizações
VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 3.8/5 (6 votes cast)

A Pessoa é Para o que Nasce

A vertigem da visão. A ausência que provoca excesso. O compromisso com a sobrevivência. A experiência da vida através da falta. Três irmãs cegas cantam em troca de esmola em Campina Grande, Paraíba.

Tema: INCLUSÃO

Tags: cego, irmãs, música, nordeste, paraíba, visão

FICHA TÉCNICA

País: Brasil

Duração: 6'

Diretor: Roberto Berliner

Produtor: Paola Vieira

Ano: 1998

Formato: HD

Montagem: Leo Domingues, Piu Gomes

Som Direto: Paulo Ricardo Nunes, Leo Domingues

Fotografia: Jaques Cheuiche

Festivais:
Prêmios
Melhor Documentário Brasileiro no É Tudo Verdade - Festival Internacional de Documentários 1999

Filmografia do Diretor:
Dirigiu uma série de documentários sobre o som: "Som da Rua".

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  1. gbIPINmBgBen disse:

    Hey, that’s powreufl. Thanks for the news.

  2. wOtBPUzCcTXEUbjWS disse:

    Okay I’m cvoniencd. Let’s put it to action.

CURTAS RELACIONADOS

Rua São Paulo

"Rua São Paulo" retrata a problemática dos sem-teto no Centro de São Paulo, abordando o ponto de vista dos que...

Through Their Eyes

O filme conta a história de duas bailarinas, ambas cegas. Uma está sendo treinada para se tornar bailarina profissional enquanto...

Peniel

Um documentário sobre a Missão Peniel Adonay: uma casa de recuperação de dependentes químicos. Estes, por sua vez, falam a...

Passeios pelo Invisível: Encontros com a Fotografia

A não presença de luz costuma estar associada a situações infelizes e não favoráveis, como é o caso dos portadores...

Meu sorriso negro

Em Sorocaba. a partir da década de 1990. surgiu um expressivo número de artistas negros em diversas modalidades. Esse documentário...

Cachorro Louco

Todos os dias um motoboy morre nas ruas de São Paulo, deixando para trás, no asfalto cinza, a esperança de...