3509 visualizações
VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 3.0/5 (1 vote cast)

Somos Todos Especiais

O quotidiano de freuentadores do CAPS (Centro de Atenção Psicossocial) - Unidade Itaquera, na sua luta pela reabilitação dos problemas psíquicos, a partir da filmagem de uma sessão de terapia em grupo.

Tema: INCLUSÃO

Tags: caps, loucura, oficinas, terapia

Continuação: Parte 1 - Parte 2

FICHA TÉCNICA

País: Brasil

Duração: 21'

Diretor: Arlindo de Almeida Junior

Produtor: Oficina de Cinema ASSAOC

Ano: 2008

Montagem: Arlindo de Almeida Jr.

Som Direto: Oficina de Cinema ASSAOC

Fotografia: Oficina de Cinema ASSAOC

Trilha: Raul Seixas, Tim Maia, Wilson Simonal

Festivais:
Festival Internacional de Curtasmetragens de SP - prêmio CurtaoCurta.

Filmografia do Diretor:
Quimera/1996: curtamettragem - ficção
Um Ladrão/ 2001: curtametragem - ficção
A vida da Gente/ 2009: curtametragem - documentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

    Este curta ainda não foi comentado. Seja o primeiro!

CURTAS RELACIONADOS

Nas Margens

Mostra um pouco da realidade de uma comunidade as margens da AL 101 Sul. ...

Peniel

Um documentário sobre a Missão Peniel Adonay: uma casa de recuperação de dependentes químicos. Estes, por sua vez, falam a...

Desenvolvimento para quem?

Sobre a situação dos moradores da Comunidade da Paz, que está localizada cerca de 1 km do Itaquerão em obras...

Paredes Pinturas no Jardim Santo André

Paredes Pinturas é um projeto da artista plástica Mônica Nador que busca através da arte a participação popular e a...

Diversidade Cultural na trilha do Funk

O Funk pode ser considerado uma manifestação cultural e artística? Como a sociedade do interior de Minas convive com esse...

Miguel Batista, o construtor de imagens

“Agradecemos o cinema

Pelos franceses inventados

Lumiére Louise August

Depois modernizado

Por Thomas Alva Edison

Foi americanizado”

Esse verso do cordel “A Glória do cinema cabe...