4538 visualizações
VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 4.0/5 (1 vote cast)

Livramento – Som da Rua

Livramento é uma comunidade remanescente de quilombo, perto de Triunfo (PE). D. Maria é a mais antiga no ofício e tornou-se benzedeira de grande prestígio na região. Suas companheiras são D. Rosa e D. Francisca. Juntas, cantam novenas e ladainhas nos dias santos importantes para a comunidade. Mas também cantam e dançam o coco na festa de São José. Quando a semana na roça é boa, D. Maria passa o sábado rezando para Nossa Senhora, o povo vai chegando e sua casa, vai formando os cocos, que seguem animados até a manhã de domingo.

Tema: MULHER

Tags: benzedeira, dança, danza, quilombo

FICHA TÉCNICA

País: Brasil

Duração: 3'

Diretor: Roberto Berliner

Produtor: Renato Pereira

Ano: 1997

Montagem: Piu Gomes

Fotografia: Jacques Cheuiche

Festivais:
Prêmios: Menção Especial do Juri no Mostra Internacional do Filme Etnográfico/RJ - 1998; Sol da Prata no Rio Cine - 1997

Filmografia do Diretor:
Diretor responsável pela série de Documentários: O Som da Rua.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

    Este curta ainda não foi comentado. Seja o primeiro!

CURTAS RELACIONADOS

MariaH

Documentario baseado na intimidade de uma garota de...

Memórias de Meninas não mais de Engenho

Conversa com o clássico de José Lins do Rego Menino de Engenho. Memórias de sertanejas reveladas, inventadas e...

O olhar de Zezita

Documentário sobre a vida e obra da atriz paraibana Zezita Matos sob uma visão intimista e sensível. A infância em...

Dona Mercês – Som da Rua

Maria José de Mercedes Santos, Dona Mercês, nasceu na Serra do Cipó, em 1938. Descendente de escravos da Comunidade do...

Rouge

Ao encontrar um lago, uma jovem, fragmenta-se e cai num limbo atemporal de fortes sensações. Ao se perder, se reecontra...

MULHERES DE 50

“Benditas coisas que não sei. Os gostos que não provei. O tempo escorre num piscar de olhos. Posso brincar...