Não foi possível exibir o filme desta fonte - myspace.com
2854 visionados
VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 4.0/5 (1 vote cast)

As Artes que Vêm do Mar

Niterói é uma cidade abastada de talentos de artes plásticas. E do mar vem muito da inspiração. Impulsionada por um grupo de sete jovens artistas liderados pelo pintor alemão Georg Grimm (1846 – 1887), foi entre os anos de 1884 e 1886 que se impôs a escola paisagista que se tornou a mais forte manifestação artística da cidade e a principal manifestação das artes plásticas brasileiras na segunda metade do século 19. Foi esse grupo de pintores, mais tarde chamado "Grupo Grimm", advindo da Academia Imperial de Belas Artes e autoexilado em Niterói, que implantou nas artes plásticas brasileiras do uso da paisagem real como inspiração como método. E as paisagens marinhas de Niterói ofereceram-se generosamente aos artistas desde aquele tempo. Destaca-se então Antônio Parreiras (1860 – 1937), que monta atelier na cidade e através de seus ensinamentos forma discípulos e uma escola de pintores dedicados às marinhas e ao paisagismo.
EXPRESSÃO JOVEM
O terceiro bloco do programa, uma livre digressão sobre a função da paisagem na arte, foi realizado por jovens alunos egressos do Padop – Programa de Inclusão Audiovisual e Digital da Oficina do Parque, Ponto de Cultura em Niterói, RJ.

Tema: ARTES

Tags: grimm, grupo_grimm, marinhas, museu, niterói, paisagismo, parreiras, pintores_viajantes, pintura

FICHA TÉCNICA

País: Brasil

Duração: 25'

Diretor: Flávio Cândido

Produtor: Lucia Seixas

Ano: 2008

Formato: HD

Montagem: Eduardo Sánchez

Som Direto: Flávio Cândido

Fotografia: Eduardo Sánchez

Trilha: Michel Le Nev

Filmografia do Diretor:
PRODUTOR, DIRETOR e ROTEIRISTA
• Natural de Juiz de Fora, MG, formou-se pelo Curso de Cinema da Universidade Federal Fluminense em 1986.
• Atualmente está finalizando o documentário “O Destino do Changri-lá” (2009).
• Diretor e roteirista do longametragem Calangueiros – uma viagem caipira pelo vale do Paraíba (2009), premiado no concurso Etnodoc 2008, ainda inédito comercialmente.
• Diretor e roteirista do longa-metragem 35mm A Terceira Morte de Joaquim Bolívar, ficção, com Othon Bastos, Jonas Bloch e Antônio Pitanga, lançado em 2000.
• Diretor do médiametragem As Artes que Vêm do Mar (2008).
• Diretor do médiametragem "E o Futebol... Cadê?"(2008).
• Como produtor cinematográfico realizou 32 curtas e médias em MiniDV e HDV com jovens, crianças e idosos nos projetos Caravana Holiday, Padop e São José das Culturas, entre 2001 e 2008.
• De 1989 a 1995 dirigiu e produziu o programa jornalístico e independente Niterói Revista, aos sábados, pela Rede Bandeirantes/Rio, num total de 285 programas semanais de TV.
• Como diretor e produtor realizou 18 curtas e médias de 1974 a 1989 (em Super 8, 16mm, 35mm e vídeo), entre documentários, ensaios e filmes de ficção;
• Como produtor realizou ainda 23 filmes publicitários de veiculação regional (1989/1994).

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

*

Este sitio usa Akismet para reducir el spam. Aprende cómo se procesan los datos de tus comentarios.

    Este corto aún no ha sido comentado. ¡Sé el primero!

CURTAS RELACIONADOS

Monumento a Uruçumirim

Manifiesto de la tribu Pataxó frente al Monumento a Estácio de Sá, local dónde se dio el masacre de los...

Llaves del Teatro

Documental didáctico de Roman Bruni sobre el teatro infantil, guión adaptado del libro 'Aventuras do teatro', de Maria Clara Machado....

Maestros del lapiz, el comic en Chile

Es un documental que da testimonio acerca de un arte, al cual no se le da la importancia que tiene...

Violeta – Um Mergulho na História de Fernando Diniz

Uma entrevista com Eurípedes Jr., vice-diretor do Museu da Imagem do Inconsciente, local que guarda a maior parte do acervo...

Drive-out, a última sessão de cinema

Disculpa, pero esta entrada está disponible sólo en

El Sonido de la Luz del Trueno

Evangelizador Ignácio es un ciudadano de Sierra Talhada, agreste de Pernambuco. Su trayectoria de vida es marcada por la inventividad...