3497 visionados
VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 4.0/5 (2 votes cast)

Felisbelo

O escritor e compositor sergipano Felisbelo da Silva mostra, neste filme, um curtíssimo apanhado da sua obra, composta por mais de 600 livros e 200 músicas. Eterno candidato à Academia Brasileira de Letras, Felisbelo, que já foi considerado 'um best-seller da linha B', escreve desde livros jurídicos até romances pornográficos e quando seus livros não são acolhidos pelas editoras, publica por conta própria.

Tema: ARTES

Tags: arte, composição, música, poesia

FICHA TÉCNICA

País: Brasil

Duração: 14'

Diretor: Léo de Azevedo e Mateus Bastos

Produtor: Léo de Azevedo, Marcele Dórea e Mateus Bastos

Ano: 2011

Montagem: Mateus Bastos

Som Direto: Mateus Bastos e Mila Mendonça

Fotografia: Léo de Azevedo

Trilha: Felisbelo da Silva

Filmografia do Diretor:
de Léo de Azevedo e Mateus Bastos

2011 - Felisbelo (DOC 14' 38")
2010 - Ordenha (DOC 5' 03")
2010 - Érika Martins "Vou te Esperar" (Videoclipe 4' 12")
2009 - Rainha da Sucata (DOC 4' 56")

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

*

Este sitio usa Akismet para reducir el spam. Aprende cómo se procesan los datos de tus comentarios.

  1. Ricardo Kelmer dice:

    Gostei muito de conhecer o Felisbelo. Já tomei muita cachaça ouvindo «Placa de venda», na interpretação de Marcelo Reis. Onde andará esse disco de ouro? 🙂 Parabéns!

    No votes yet.
    Please wait...
  2. André Luiz de Araújo Ferreira dice:

    É incrível a capacidade intelectual de Felisbelo da Silva e já merecia uma cadeira da ABL; quem quiser conhecer melhor as suas obras visitem o seu blog – blogdobelinho@blogspot.com

    No votes yet.
    Please wait...

CURTAS RELACIONADOS

Kactus Canini Kid, uma Graficobioanimada

Toda a carreira de Canini, o criador do Zé Carioca. em uma pequena amostra do trabalho de um dos maiores...

Inventorias

Disculpa, pero esta entrada está disponible sólo en

(Português) Mambembe pelos caminhos da Arte

Disculpa, pero esta entrada está disponible sólo en

Autómatas

Robótica y arte: ¿Qué conexiones hay entre un hacer más ingenieril y otro más artístico? Con una mirada entre antropológica y...

Metrópolis

Al retratar la desactivación o cambio de función de los edificios que antes albergaban los antíguos cines de BH, en...

Cabine Mágica

A rotina de dois projecionistas dentro de uma cabine de projeção cinematográfica. Uma cabine repleta de emoção e solidão, esquecida...