7525 visionados
VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 5.0/5 (5 votes cast)

Tarabatara

"Por que é que eu nunca morei definitivamente num setor só? Porque eu me sinto mal. Me sinto mal com o ar de um lugar só". Tarabatara é um chamado ao cotidiano e aos encantos de uma família cigana do sertão de Alagoas. O documentário apreende momentos de um período de pausa no nomadismo desses ciganos. Na figura do mais velho e suas memórias, nas mulheres e crianças do grupo, com suas falas e gestos, com seus olhares e afazeres.

Tema: COMPORTAMIENTO

Tags: ciganos, cultura, especial_inclusao, história, sertão, super-8

Programa Relacionado: Em Transe

FICHA TÉCNICA

País: Brasil

Duração: 23'13"

Diretor: Julia Zakia

Produtor: Patrick Leblanc

Ano: 2007

Formato: HD

Montagem: Helio Vilella e Julia Zakia

Som Direto: Guile Martins

Fotografia: Julia Zakia

Festivais:
Clermont-Ferrand- 2009
Rotterdam-2009
É tudo Verdade-2008
Festival de Brasilia do cinema brasileiro-2007
Festival de Triunfo (melhor fotografia)-2008
Festival de Vitória (menção honrosa)-2008
Festival etnográfico do RJ (menção honrosa)-2008
Curta Cinema- 2009

Filmografia do Diretor:
O chapéu do meu avô- 2004
A estória da figueira- 2005
Tarabatara- 2007
Pedra Bruta-2009

Deja un comentario

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos necesarios están marcados *

*

Este sitio usa Akismet para reducir el spam. Aprende cómo se procesan los datos de tus comentarios.

  1. Laura dice:

    Essas ciganas são tão lindas e fortes. Gostaria de até poder ouvir mais de suas vozes, mas as cores e os retratos que o curta mostra já nos revela bastante. Para onde vão essas pessoas? De onde vieram? Os ciganos são muito misteriosos…

  2. zilda dice:

    Lindo! Lindo filme! Cores, mulheres fortes, a vida em grupo. Parabéns.

  3. Graciella dice:

    Eu já tinha visto esse filme em película, no festival É Tudo Verdade de 2007 ou 2008, é lindo demais, essas imagens, a vivência que a equipe parece ter tido com esses ciganos em Alagoas. Lindo demais. Parabéns.

  4. Francisco dice:

    Que filme lindo esse dos ciganos, nunca imaginei que um povo assim pudesse ter ou ser retratado com tanta beleza. Será que a poesia do filme é maior que a experiência vivida lá? Quais os problemas do lugar? Tá bom…não interessa tanto, filme é filme.

CURTAS RELACIONADOS

Ningún día sin una línea

Muestra un breve perfil del dibujista de historietas Ernani Cousandier. Su forma de trabajo, personajes, técnicas y la relación de...

El hilo de la história, en el círculo de la moda

Moda es cultura, comportamiento, mercado. En Santa Catarina, con la tradición de las industrias textiles, el mercado de la moda...

Virginia no dice mentiras

Una valiente historia de amor entre dos jóvenes con...

Epox

El documental retrata la vida de los hippies en diferentes comunidades y países de Latino...

Hoy hay derby

“En octubre de 2008, cuatro fotógrafos aceptaron salir por las calles para hacer un ejercicio colectivo de observación de la...

Dos cafés

Después de 60 años juntos, el amor mantiene Argelia y Lazaro, hechos uno para el otro. Ha pasado más...