6237 visionados
VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 4.0/5 (2 votes cast)

Oro verde – La rueda de samba del Marapé

Disculpa, pero esta entrada está disponible sólo en Português.

Tema: CULTURA POPULAR

Tags: amigos, amizade, bar, marapé, memória, samba, samba de roda, santos

FICHA TÉCNICA

País: Brasil

Duração: 30'47"

Diretor: Nildo Ferreira e Kauê Nunes

Produtor: Day Rodrigues e Coletivo Dose de Inspiração

Ano: 2012

Formato: HD

Montagem: Nildo Ferreira, Nilton Ferreira, Kauê Nunes e Eduardo Bezerra

Som Direto: Aloizio Barros e Felipe Dutra

Fotografia: Nildo Ferreira, Nilton Ferreira, Kauê Nunes e Danilo Pimenteil


Comentário do Diretor: Nossa pesquisa aconteceu principalmente através de muito bate-papo com os moradores do bairro, frequentadores do clube e familiares dos músicos da roda. Todos sempre com uma história para contar e muito brilho nos olhos (saudosos de um Marapé que não existe mais), que nos fez crer mais ainda a importância desse registro em audiovisual. A memória nos causos e retida por cada um, mostradas com muito apreço ao nos contar. Entre uma cerveja e outra, ou uma batida de maracujá do Edmilson, aprendemos aquilo que os livros ainda não sabem: a vida de gente muito simples, generosas e protagonistas da cultura popular, o samba e suas histórias, hábitos e lembranças. Porém, a nossa surpresa foi a cada entrevista, em cada set de filmagem, o quanto há de Marapé na roda do Ouro Verde e o quanto eles todos são Marapé desde a tenra idade, mas principalmente enlaçados pela forte amizade. Todos são amigos, e a maioria desde a infância. Mas o que nos chamou mais atenção, foi a maneira que encontraram para guardar o passado cantado e musicado ali na beira do morro: através de encontros pontuais na antiga casa do patrono de toda a história da roda, o Seu Lili, regado por biritas e valsinhas antigas, eles reúnem-se todos os sábados, às 18h30. E assim nos abriram um lugar na roda, sentamos com a nossa curiosidade de aprendizes, olhos atentos e alegres por podermos ajudar levar a história da roda do Ouro Verde e Marapé para quem quiser conferir como se faz um samba, sempre autêntico.

Deja un comentario

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos necesarios están marcados *

*

Este sitio usa Akismet para reducir el spam. Aprende cómo se procesan los datos de tus comentarios.

    Este corto aún no ha sido comentado. ¡Sé el primero!

CURTAS RELACIONADOS

(Português) Somos todos catadores – Parte 1

Disculpa, pero esta entrada está disponible sólo en

Muere Congo, Queda Congo

Hasta los años 1970, el Jongo Rural de Angra dos Reis mantenía la comunión de sus practicantes en los encuentros...

Hermanas

Hay un dicho que dice: "En caso de guerra, la mentira es como la...

MARERO

"Marero" es como se autodenominan los hombres que viven de la recolección de mariscos y algas en estas costas del...

Orfebres de San Miguel de Tucumán

"Orfebres de San Miguel de Tucumán" se acerca a dos artesanos jóvenes que incursionan en el trabajo del metal. Es...

A Infância de Anastácia

Memórias de dona Anastácia e da cidade do...