5733 visionados
VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 4.0/5 (1 vote cast)

Repentistas – Som da Rua

João Lourenço da Silva nasceu em Pilar, na Paraíba, e começou a cantar em 1977. Dedicou-se por sete anos ao coco e depois adotou a viola. Mudou-se para Pernambuco em 1984, quando começou a atuar em dupla com Rogério Menezes. Seu parceiro também é paraibano, de Imaculada. Começou a carreira de repentista na zona rural e depois veio para a cidade com a intenção de se profissionalizar. A dupla João Lourenço e Rogério Menezes já ganhou mais de 50 congressos de violeiros em todo o Brasil.

Tema: CULTURA POPULAR

Tags: improvisador, pernambuco, repentista, violeiro

FICHA TÉCNICA

País: Brasil

Duração: 2'

Diretor: Roberto Berliner

Produtor: Renato Pereira

Ano: 1997

Montagem: Piu Gomes

Som Direto: Paulo Ricardo Nunes

Fotografia: Jacques Cheuiche

Festivais:
Prêmios: Menção Especial do Juri no Mostra Internacional do Filme Etnográfico/RJ - 1998; Sol de Prata no Rio Cine - 1997

Filmografia do Diretor:
Diretor responsável pela série de Documentários: O Som da Rua.

Deja un comentario

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

*

Este sitio usa Akismet para reducir el spam. Aprende cómo se procesan los datos de tus comentarios.

    Este corto aún no ha sido comentado. ¡Sé el primero!

CURTAS RELACIONADOS

(Português) Grave Na Caixa! O Sound System de Kingston a SP

Disculpa, pero esta entrada está disponible sólo en

Mucho Gusto, Walter Firmo

El documental investiga los diversos universos que impregnan la obra fotográfica de este incansable cazador de imágenes a través de...

Versos para liberdade

O documentário, gravado na região do Capão Redondo (zona Sul da cidade de São Paulo) apresenta depoimentos de poetas e...

Do Mesmo Lado

Este vídeo é resultado do projeto "Sensibilização e formação audiovisual de comunidades escolares do Recôncavo Baiano" do programa institucional de...

Tião Paineira

La história de Tião Paineira confundese con la de su ciudad, Tiradentes. La vida de arrierro, el trabajo con el...

Conservatoria, una esquina y una guitarra

Disculpa, pero esta entrada está disponible sólo en