6289 visionados
VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 4.3/5 (4 votes cast)

Una Ciencia Encantada

Un documental sobre las percepciones e impresiones acerca de los misterios de uma playa costera de la Paraíba (regíon Nordeste de Brasil), incluida en la cosmologia de la Jurema Sagrada.

Tema: CULTURA POPULAR

Tags: imaginário_popular, Jurema, paraíba, Tambaba

FICHA TÉCNICA

País: Brasil

Duração: 20'

Diretor: Chico Sales

Produtor: Vivian Maitê Castro

Ano: 2010

Formato: HDV

Montagem: Ely Marques

Som Direto: Caio Gomes

Fotografia: Leandro Cunha

Trilha: -----------------

Prêmios:
----------

Festivais:
2011 - 6ª Mostra de Cinema de Ouro Preto - Ouro Preto [MG] 2011 - 5º Festival de Cinema dos Países de Língua Portuguesa [CINEPORT] - João Pessoa [PB] 2011 - III Festival do Filme etnográfico do Recife - Recife [PE] 2011 - VI Festival Audiovisual de Campina Grande [Comunicurtas] - Campina Grande [PB] 2011 - VII Fest Aruanda do Audiovisual Brasileiro - João Pessoa [PB]


Comentário do Diretor: O documentário “Uma Ciência Encantada” tem o intuito de explorar um dos diversos espaços cosmogônicos do culto da Jurema Sagrada, no município de Alhandra, situada na zona da mata paraibana: a Cidade Encantada de Tambaba. A praia de Tambaba, famosa por ser a primeira praia naturista do Nordeste, é descrita, por inúmeras narrativas orais, como um portal de acesso para variados planos astrais relacionados a este culto, onde habitam inúmeros espíritos relacionados à Jurema, e que nela são ofertados trabalhos espirituais aos antigos mestres juremeiros, e às divindades do mar. O tratamento estético-narrativo do documentário “Uma Ciência Encantada”, vem, portanto, no sentido de explorar a riqueza destas narrativas orais, e dos mais diversos significados acerca do plano simbólico da Cidade Encantada de Tambaba. Desta forma, busquei trazer à compreensão do espectador, a diversidade e a complexidade da representação de um campo que possui uma incrível veracidade e vitalidade no imaginário dos adeptos da Jurema Sagrada. Utilizando-se, em grande parte, de elementos emprestados do cinema experimental, a idéia foi de buscar compreender este pensar mítico, por meio de um repertório heterogêneo de símbolos do culto a este espaço encantado, em que todos os elementos deste pensamento estão no meio caminho entre percepções-imagens e conceitos difusos sobre este campo cosmológico. Por fim, a proposta deste filme é, através da sabedoria popular e da tradição oral, buscar compreender a riqueza de expressões deste espaço mítico, num exercício de experimentação sobre o seu campo imaginário-simbólico.

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

*

Este sitio usa Akismet para reducir el spam. Aprende cómo se procesan los datos de tus comentarios.

    Este corto aún no ha sido comentado. ¡Sé el primero!

CURTAS RELACIONADOS

M4

Un viaje al Mercado Municipal de Asunción, a través de los sonidos, las texturas, las personas y sus voces que...

Versos de la Isla

Memorias de las mujeres en un descubrimiento de una isla. El paso del tiempo se expresa en las canciones tradicionales...

MÁRMORE

Uma poética antinarcisística a respeito da fragilidade e brevidade da vida...

Conservatoria, una esquina y una guitarra

Disculpa, pero esta entrada está disponible sólo en

El hilo de la historia, entre agujas y tejidos

“Yo me acuerdo de la sirena de la fábrica, del ir y venir de los operarios, de las historias entorno...

Xupapoynãg

Disculpa, pero esta entrada está disponible sólo en