28639 visualizações
VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 3.9/5 (19 votes cast)

Vozes da Voz

O documentário faz um resgate histórico das instituições psiquiátricas e da luta antimanicomial que foi iniciada no Brasil na década de 1980 e instaurou uma rede de serviços substitutivos ao regime manicomial. Vozes da Voz mostra que a sociedade precisa aprender a conviver com as diferenças e não simplesmente ignorá-las. São levantados questionamentos que visam o fim do estigma do louco, sua credibilidade e sua inserção na sociedade. Através das vozes de profissionais e usuários da saúde mental, o filme pretende ampliar os direitos políticos, legislativos e, principalmente sociais dos portadores de sofrimento psíquico.

Tema: DIREITOS HUMANOS

Tags: lucha_antimanicomial, Luta antimanicomial, manicômio, psiquiatria_derechos_humanos, psiquiatria_direitos_humanos, são_paulo, saúde mental

FICHA TÉCNICA

País: Brasil

Duração: 35'21"

Diretor: Valnei Souza Nunes Filho

Produtor: Rafaela Uchôa

Ano: 2013

Formato: HD

Montagem: Henrique Danieletto

Fotografia: Mônica Bahia

Trilha: Cordão Bibitatan


Comentário do Diretor: O documentário Vozes da Voz se realiza a partir de 3 anos de pesquisa e do registro do tratamento de saúde mental em relação a luta antimanicomial e os direitos humanos. A voz dos profissionais e dos usuários dos serviços de saúde mental revelam um tratamento humanizado e um novo olhar sobre a loucura. O vídeo busca explorar os novos tratamentos realizando um resgate histórico levando o tema a uma reflexão sobre os rumos da psiquiatria e sobre a relação da loucura com a sociedade e os estigmas gerado por ela. Além de reconhecer o novo tratamento como o direito adquirido por lei, o vídeo permite um olhar crítico sobre o atual sistema de saúde mental no país a partir das conquistas e experiências vivênciadas na cidade de São Paulo e nas cidades vizinhas. Tratar de um tema que é tabu e levar essa discussão aos meios de comunicação é o maior objetivo do Vozes da Voz.

Deixe um comentário para Valnei Souza Nunes Filho Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  1. Rute Inácia de Faria Manoel disse:

    Amei este documentário,me deu ainda mais vontade de trabalhar em CAPS. Amo o que faço as vezes fico desanimada pela falta de reconhecimento e apoio dos gestores e condições para um trabalho mais humanizado.

    No votes yet.
    Please wait...
  2. Tatiana disse:

    Gostaria muito de passar em sala de aula, porém não é possível realizar o download do documentário e na universidade pública não possuímos internet de qualidade nas salas.

    No votes yet.
    Please wait...
    • Valnei Souza Nunes Filho disse:

      Oi Tatiana,
      Posso disponibilizar pra vc por vimeo ou youtube. Ainda se interessa?

      No votes yet.
      Please wait...

CURTAS RELACIONADOS

Desacerto

O silêncio que precede a...

Vulgo necessidade

Relatos sobre a maior enchente de todos os tempos na comunidade Vila Nova Pirajussara, Campo Limpo, zona sul de São...

Puta Luta

Sinopse - Artistas, intelectuais, políticos, atletas e cidadãos comuns, no dia 02 de junho, reúnem-se na Rua da Areia, Centro...

Canção Amiga

Resulta da oficina Tecendo Vídeos, com crianças e jovens, em 2011. Aborda as ações socioculturais que beneficiam a infância contra...

Pedra Bruta

Há lugares onde só a arte parece ser uma alternativa possível. Rodado em Mostar, na Bósnia, este curta mostra o...

Saúde mental, a arte de humanizar

O documentário conta a experiência transformadora que enriqueceu as práticas terapêuticas: as oficinas artístico-criativas do Hospital Neuropsiquiátrico, na cidade de...