7476 visualizações
VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 4.5/5 (2 votes cast)

Óbvio Ululante

O Fluminense foi a grande paixão do escritor Nelson Rodrigues. Pelo tricolor carioca, e sobre o tricolor carioca, ele escreveu algumas de suas melhores (e definitivas) crônicas. Mesclando depoimentos e pérolas rodriguianas, este filme, realizado no ano do centenário do clube, trata de futebol, mitologia e amor, evidenciando que a relação entre Nelson e o Fluminense foi vital para ambos. E para milhões de torcedores.

Tema: COMPORTAMENTO

Tags: fluminense, fútbol, futebol, personalidade, torcida

Programa Relacionado: Futebol

FICHA TÉCNICA

País: Brasil

Duração: 10'

Diretor: Sérgio Sá Leitão

Produtor: Luís Vidal

Ano: 2002

Formato: Outros

Montagem: André Glasner, Gustavo Chermont

Fotografia: Sérgio Sá Leitão

Filmografia do Diretor:
We Belong - Uma Celebração da Diversidade -
Documentário De Sérgio Sá Leitão 2003 26 min

Instalasônica - Experimental De Paulo Vivácqua, Sérgio Sá Leitão 2003 5 min

Mãos - Ficção De Sérgio Sá Leitão 2003 6 min

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

    Este curta ainda não foi comentado. Seja o primeiro!

CURTAS RELACIONADOS

Forget-Me-Not

Três jovens ex-viciados reencontram a esperança de viver no paraíso de San Patrignano, Itália. Através do contato com a natureza,...

Especiais

A vida dos especiais, seus triunfos e suas...

Doc. Alambique

Com aproximadamente doze minutos de duração, o documentário apresenta os manifestos contra a corrupção, doação de imóveis públicos para a...

Cidade Subjetiva

Documentário sobre o evento dos 160 psicodramas públicos que aconteceram em São Paulo sobre o tema "Ética é Cidadania".

O camarada assiste se quiser

Duas visões sobre o que é arte, em especial, o...

Artesãos da Morte

O que a morte significa para aqueles que, em seu cotidiano, são confrontados com o manuseio de cadáveres? Nós estamos...