14845 visionados
VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 4.3/5 (3 votes cast)

A Teia Pagã: Bruxaria e Paganismo na Rede Virtual

Culto aos ciclos da natureza, práticas politeístas, rituais de magia e conexão com as energias cósmicas. Todos esses elementos são característicos do paganismo, um conjunto de tradições religiosas que resgatam práticas de bruxaria e antigas crenças da Europa pré-cristã. Na atualidade, as vertentes do paganismo, inclusive no Piauí, são difundidas e ganham fôlego com a ajuda da internet e das ferramentas virtuais.
O documentário traz depoimentos de magos e bruxas reais, que vivem no Piauí e contam detalhes sobre suas crenças e práticas religiosas.

Tema: COMPORTAMIENTO

Tags: comunicação, comunicación, paganismo, piauí, religião

FICHA TÉCNICA

País: Brasil

Duração: 29'

Diretor: Rafael Nolêto

Produtor: Rafael Nolêto

Ano: 2011

Montagem: Márcio Bigly e Talyta Magno

Som Direto: Rafael Nolêto

Fotografia: Rafael Nolêto

Trilha: Rafael Nolêto

Festivais:
Virada Cultural de Recife

Filmografia do Diretor:
2011 - Finado Gregório: Mártir Milagreiro.
2011 - A Teia Pagã: Bruxaria e Paganismo na Rede Virtual.
2011 - Artesanato Tupinikim: Cultura e Sobrevivência.
2011 - Turismo em Timon: Perspectivas e Possibilidades.
2012 - La Magia Afro brasiliana (A Magia Afro-Brasileira).
2012 - Sabedoria da Mata: Pajelança e Espiritualidade Indígena.


Comentário do Diretor: O documentário "A Teia Pagã" aborda um tema inédito no meio audiovisual piauiense. A produção foi gravada entre janeiro e Julho de 2011. Possui opções de legendas em português, inglês, espanhol e italiano. O filme tem aproximadamente 30 minutos de duração e é resultado de uma pesquisa acadêmica de graduação em jornalismo, que revela importantes dados sobre a relação da internet com a presença do neo-paganismo no Piauí.
Para a produção foram realizadas entrevistas com a pesquisadora Francisca Verônica Cavalcante e com o escritor italiano Andrea Romanazzi, que opinaram sobre o tema. Além disso também foram ouvidos membros do movimento pagão nas cidades de Teresina, Floriano, Paulistana e Parnaíba. No filme, os neo-pagãos, magos e bruxas modernas revelam de que maneira usam a internet para promoverem o intercâmbio e a difusão pagã na atualidade.

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

*

Este sitio usa Akismet para reducir el spam. Aprende cómo se procesan los datos de tus comentarios.

    Este corto aún no ha sido comentado. ¡Sé el primero!

CURTAS RELACIONADOS

Cante un Funk para una película

Se pusieron carteles por la ciudad de Nova Iguaçu, en la Baixada Fluminense, Brasil, buscando a personas para cantar un...

Radix

Radix é um trabalho de conclusão para o curso de Comunicação Social da FUNEDI/UEMG. Quatro alunos em busca da radicalidade...

Lo que voy a extrañar

Un grupo de estudiantes se prepara para dejar la escuela primaria e ir a la Secundaria. A partir de ahora...

S3TART – PALAFFITI 2|∞

Trasladar desde el muro hacia la pantalla la verdad y fuerza que tiene el artista urbano brasilero, con una mirada...

El hilo de la historia, entre agujas y tejidos

“Yo me acuerdo de la sirena de la fábrica, del ir y venir de los operarios, de las historias entorno...

Contromano

Todos los días por lo menos un motoboy se reventa en las calles, dejando sob el asfalto ceniza el sueño...