2065 visionados
VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 2.5/5 (2 votes cast)

Janela do Madeira

Algumas pessoas olham a vida passar. Outras passam pela vida sem ver. O cotidiano de Nova Olinda do Norte: A Janela do Madeira

Tema: IDENTIDAD

Tags: amazonía, cultura

FICHA TÉCNICA

País: Brasil

Duração: 13'

Diretor: Felipe Carrelli

Produtor: Felipe Carrelli

Ano: 2009

Montagem: Felipe Carrelli

Som Direto: Felipe Carrelli

Fotografia: Felipe Carrelli, Leila Lobato Graef, Maria Rita e Talia

Trilha: Raizes caboclas

Festivais:
V Fatu,Mosca 6 - MG,9 Mostra de Taguatinga

Filmografia do Diretor:
• Direção do documentário ambiental Cercado (2009) exibido no V FATU - Festival Brasileiro de Filmes de Aventura e Turismo- SP e na I Semana do Cerrado na UFSCar
• Direção e edição do documentário ambiental Janela do Madeira (AM), selecionado para os festivais 9° Mostra Taguatinga-DF, 6ª Mostra de Cambuquira – MG e V FATU - Festival Brasileiro de Filmes de Aventura e Turismo - SP
• Direção do documentário De Pinga em Pinga (2008) exibido na Noite de Kino organizada pelo Kinoforum durante o 19° Festival Internacional de Curtas Metragem de São Paulo.
• Direção do curta Aurhora (2009) exibido no Festival Tela Video Digital na TV BRASIL
• Direção do documentário Copa em Reflexo: De Lá pra Cá ou de Cá pra Lá exibido no 21° Festival Internacional de Curtas Metragem de São Paulo em 2010 e telavideo digital 2011 - tv brasil
• Assistência de direção do curta metragem Deo exibido no 21° Festival Internacional de Curtas Metragem de São Paulo em 2010
• Assistente de Fotografia do vídeo dança Entre Passos (Dir. Laura Teixeira, 2008) exibido no DMJ international video dance festival, 1st International Festival of Video, Performance and Technology (Lisboa), Festival Internacional de Videodanza del Uruguay, entre outros.


Comentário do Diretor: Documentario realizado na cidade de Nova Olinda do Norte durante a expedição do Projeto Rondon em 2009. Ao longo dos dias que ficamos em Nova Olinda do Norte gravamos imagens da comunidade e sua interação com seu meio. As imagens foram captadas por mim e por Leila Lobato Graef, aluna da UNB, durante os intervalos das atividades, em horários livres ou até mesmo durante as visitas a comunidade. O objetivo do curta metragem (15 minutos) era de valorizar a cultura/etnia local, além de estimular a produção local de vídeos mostrando suas peculiaridades, sua beleza e a complexidade dentro do simples cotidiano da cidade e de seus moradores. A idéia era motivar os realizadores da cidade a encontrar dentro do município suas potencialidades cinematográficas subaproveitadas ou esquecidas.

Deja un comentario

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos necesarios están marcados *

*

Este sitio usa Akismet para reducir el spam. Aprende cómo se procesan los datos de tus comentarios.

    Este corto aún no ha sido comentado. ¡Sé el primero!

CURTAS RELACIONADOS

É no pé do morro é lá no cafundó

Por regiones montañosas de Bahia, Denise Santos y su equipe viajan en búsqueda de personajes, personas comúnes. Una película sobre...

Sin perder la ternura

Dionata nació en un campamento del Movimiento de los Trabajadores Rurales Sin Tierra, en la zona rural de Abelardo Luz,...

Ventanas para tus colores

Una documentalista brasileña se encuentra con una joven cubana que sueña con viajar por el mundo, pero tiene miedo de...

Os Tios de Awá

No primeiro dia de chuva de sua vida, no início do “inverno” de 2007 na Amazônia, Awá, nascido 23 dias...

Las Pavas, la hora del retorno

Una comunidad de desplazados campesinos, en Colombia, retorna a su...

Para os nossos netos

Personagens e realizadores Panará traçam comentários sobre o processo de criação dos filmes O Amendoim da Cutia e Depois do...